IFSP - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo

Edital nº 06 de CMP - Seleção de Projetos de Extensão 2019 - Edital nº 06 de CMP - Seleção de Projetos de Extensão 2019

O DIRETOR-GERAL DO INSTITUTO FEDERAL DE SÃO PAULO - CÂMPUS CAMPINAS, no uso de suas atribuições legais conferidas pela portaria nº 1.352/2017, de 11 de abril de 2017, por meio da Coordenadoria de Extensão, faz saber e torna pública a abertura do Programa de Bolsas de Extensão na modalidade Projetos de Extensão, para o ano letivo de 2019 com base na Portaria nº 3.639, de 25 de julho de 2013 e na Portaria nº 347, de 20 de janeiro de 2014.




EDITAL Nº 06/2019/CMP/IFSP

O DIRETOR-GERAL DO INSTITUTO FEDERAL DE SÃO PAULO - CÂMPUS CAMPINAS, no uso de suas atribuições legais conferidas pela portaria nº 1.352/2017, de 11 de abril de 2017, por meio da Coordenadoria de Extensão, faz saber e torna pública a abertura do Programa de Bolsas de Extensão na modalidade Projetos de Extensão, para o ano letivo de 2019 com base na Portaria nº 3.639, de 25 de julho de 2013 e na Portaria nº 347, de 20 de janeiro de 2014.

DOS OBJETIVOS E DISPOSIÇÕES GERAIS

1.1. O presente Edital destina-se a regulamentar a seleção de projetos para o Programa Bolsa Discente na modalidade Bolsa de Extensão referente ao ano letivo de 2019.

1.2. As atribuições de Coordenadores do Projetos, bem como de Bolsistas de Extensão seguem o disposto nos Artigos 11 e 12 da Portaria nº 3.639, de 25 de julho de 2013.

1.3. O número de projetos e bolsas se dará no limite dos recursos disponíveis para esta modalidade, conforme destinação orçamentária e suplementações aprovadas para o ano de 2019.

1.4. O valor da Bolsa Discente será de R$ 400,00 (quatrocentos reais), para dedicação de 20 (vinte) horas semanais do bolsista, ou de R$ 200,00 para dedicação de 10 horas semanais, pagos mensalmente ao estudante no período de maio a dezembro de 2019, perfazendo um período total máximo de 8 (oito) meses.

DAS INSCRIÇÕES

2.1. Podem apresentar propostas para este processo servidores docentes ou técnico-administrativos do quadro ativo permanente do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo câmpus Campinas, com titulação mínima de graduação.

2.2. O período para inscrição de projetos se dará via Sistema de Informação e Gestão de Projetos (SigProj), que pode ser acessado através do endereço eletrônico http://sigproj.ufrj.br/ em período estabelecido pelo cronograma no item 6 deste Edital.

2.3. As áreas temáticas da extensão são: comunicação, cultura, esporte, direitos humanos, educação, meio ambiente, saúde, tecnologia e trabalho.

DO PROCESSO SELETIVO

3.1. Será admitida a submissão de apenas um projeto por proponente. Para o caso de mais de uma submissão por um mesmo proponente será admitida apenas a última proposta, estando desclassificadas as demais submissões do mesmo proponente.

3.2. Constatado o envio de projetos idênticos, todos serão desclassificados.

3.3. As propostas enviadas fora do prazo estipulado neste Edital, conforme item 6, serão indeferidas.

3.4. Serão desclassificados os projetos que não atenderem os seguintes critérios:

a) Apresentar carácter extensionista;

b) Apresentar articulação com ensino e/ou pesquisa;

c) Preenchimento completo da proposta no SigProj de modo a permitir avaliação adequada.

3.5. A avaliação seguirá os seguintes critérios classificatórios:

CRITÉRIOS CLASSIFICATÓRIOS

PONTOS

1. Atendimento às diretrizes e aos objetivos do programa

10

2. Impacto Socioeconômico.

20

3. Demanda claramente identificada e justificada.

10

4. Integração com ensino e pesquisa.

10

5. Associação com programas de extensão.

10

6. Relação com (ou continuidade de) projeto já desenvolvido no âmbito da Extensão.

10

7. Consonância com as Diretrizes do Plano Nacional de Extensão e Termos de Metas.

10

8. Análise dos impactos esperados na relevância social e na formação profissional do discente.

10

9. Confugira-se claramente como Extensão Tecnológica: possui parceria com Instituições e entidades do Arranjo Produtivo Local visando transferência de tecnologia, inovação entre outros.

10

TOTAL

100

3.6. A nota final será composta pela média aritmética simples das notas atribuídas por cada um dos avaliadores.

3.7. A classificação organizará os candidatos em ordem decrescente pela nota final que alcançarem.

3.8. Em caso de empate, serão considerados como critério de desempate:

a) maior pontuação no critério 2;

b) maior pontuação no critério 8;

c) maior tempo do proponente no câmpus Campinas;

d) maior tempo do proponente no IFSP; e

e) maior idade do proponente.

DA SELEÇÃO DOS BOLSISTAS

4.1. Após aprovação e divulgação dos resultados dos projetos selecionados para o Programa Bolsa Discente na modalidade Bolsa de Extensão, caberá ao Servidor Responsável (docente ou técnico-administrativo), selecionar o(s) bolsista(s), de acordo com o edital específico a ser publicado pela Direção-Geral do câmpus Campinas.

DOS RECURSOS

5.1.  Após cada divulgação de resultado preliminar será possível interpor recursos contra a divulgação preliminar imediatamente antecedente para informar equívocos que possam ter ocorrido.

5.2. A interposição de recursos ocorrerá sempre até às 23h59 do dia útil subsequente à data de divulgação do resultado, devendo ser encaminhada através do e-mail <cex.cmp@ifsp.edu.br>.

5.3. Não serão aceitos, em quaisquer hipóteses, recursos fora do prazo ou encaminhados por outros meios.

DO CRONOGRAMA

ETAPA

DATA/PERÍODO

Inscrição de Projetos pelos Servidores via Sistema de Informação e Gestão de Projetos (SigProj)

02 de março de 2019 a
21 de março de 2019

Análise e seleção conforme critérios deste Edital

22 de março de 2019 a
26 de março de 2019

Divulgação do resultado preliminar dos trabalhos selecionados

27 de março de 2019

Prazo de recursos contra o resultado preliminar

28 de março de 2019

Divulgação final dos trabalhos selecionados

29 de março de 2019

Seleção de bolsistas

01 de abril de 2019 a
16 de abril de 2019

Início das atividades

17 de abril de 2019

 DAS DISPOSIÇÕES FINAIS

7.1. Os casos omissos neste Edital serão analisados e decididos pela Direção-Geral do câmpus Campinas.

 

 Campinas, 01 de março de 2019.

 

 EBERVAL OLIVEIRA CASTRO

Diretor-Geral

(ASSINADO NO ORIGINAL)