«« Voltar
NARRATIVAS ORAIS EM COMUNIDADES QUILOMBOLAS DA REGIÃO NORTE DO RIO GRANDE DO SUL – UMA PROPOSTA DE TRABALHO NA ESCOLA (Cópia) 07-03-2019
Protocolo do SIGProj:   326579.1610.209204.13032019
De:30/04/2019  à  29/02/2020
 
Coordenador-Extensionista
  Felipe Batistella Alvares
Instituição
  IFRS - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul
Unidade Geral
  Sertão - Câmpus Sertão - Pesquisa
Unidade de Origem
  P&I - Pesquisa e Inovação
Resumo da Ação de Extensão
  As narrativas presentes na memória das comunidades tradicionais oferecem um subsídio rico para o trabalho na escola. Todavia, essas culturas são silenciadas ou pouco representadas no espaço escolar. Essa situação é resultado de um processo de colonização que marcou com violência e desrespeito as histórias desses povos. Por essa razão, esse projeto tem como objetivo investigar junto a duas comunidades quilombolas da região norte do Rio Grande do Sul (Arvinha e Mormaça), as narrativas orais que perpassam o cenário e a memória dessas comunidades a fim de que esse material seja suporte principalmente para professores da região no trabalho com a cultura afro-brasileira. A metodologia da pesquisa será desenvolvida por meio da escuta de narrativas orais coletadas em comunidades quilombolas referida região, com o suporte de estudantes quilombolas, bolsistas dos cursos técnicos e superiores do IFRS - Campus Sertão. Os pressupostos teóricos nos quais se fundamenta a pesquisa se sustentarão em Burke (2010) a respeito da ação de estudar as culturas não reconhecidas pelo cânone. Serão inclusas as reflexões de Ong (1988) sobre a importância e a dinâmica das culturas orais. Também traremos à discussão os estudos de Mato (2005) que trata do conceito de interculturalidade, modos de produção de conhecimentos e práticas socioeducativas que podem ser propostas nos espaços sociais. Os primeiros resultados trouxeram narrativas que mostram a história e as vivências dos moradores dessas comunidades e se mostram como um aporte rico de materialidade histórica e literatura oral para o ensino da cultura afro-brasileira na escola.
Palavras-chave
   quilombolas., narrativas orais, Memória
Público-Alvo
  
Situação
  Atividade UNIDADE GERAL
Contato
  
«« Voltar