«« Voltar
Circulando e traçando laços e parcerias: atendimento para jovens autistas e psicóticos - do circuito pulsional ao laço social 19-04-2017
Protocolo do SIGProj:   325868.1484.263638.28022019
De:29/06/2017  à  29/06/2018
 
Coordenador-Extensionista
  Fabio Malcher Martins de Oliveira
Instituição
  UFRJ - Universidade Federal do Rio de Janeiro
Unidade Geral
  CFCH - Centro de Filosofia e Ciências Humanas
Unidade de Origem
  IP - Instituto de Psicologia
Resumo da Ação de Extensão
  QUEM SOMOS Uma equipe de psicólogos, graduandos em psicologia e psicanalistas atuando na interface com o campo da arte, da cultura e da saúde mental, em parceria com a intersetorialidade. Atuamos através de um dispositivo clínico ampliado, orientado pela psicanálise. Esse trabalho faz parte do projeto de pesquisa “Circulando e traçando laços e parcerias: atendimento para jovens autistas e psicóticos em direção ao laço social”, do Programa de Teoria Psicanalítica, do Instituto de Psicologia da UFRJ, financiado pela FAPERJ e CNPq. PÚBLICO-ALVO Adolescentes e jovens adultos com grave sofrimento psíquico e dificuldades de inclusão social. MODALIDADES DE ATENDIMENTO De acordo com o que cada jovem nos aponta, são oferecidos espaço de convivência, atendimentos individuais e com as famílias, oficinas terapêuticas e acompanhamento. As atividades incluem visitas a museus, centros culturais, shoppings, lan house, parques, teatro, cinema, entre outros. Oferecemos também o acompanhamento do jovem em cursos técnicos, profissionalizantes e artísticos, além de acesso aos direitos do cidadão. Este projeto requer ações intersetoriais em diferentes áreas: educação, saúde, social, justiça, esporte, lazer, transporte, através de parcerias com organizações civis, governamentais e não governamentais. ATIVIDADES Estas são algumas de nossas atividades: Oficina de Teatro, Oficina de Mangá, Oficina de Desenho, Oficina de Pintura, Oficina Musicando e Acompanhamento Terapêutico. OBJETIVOS Trata-se de um dispositivo clínico ampliado, fora do ambiente hospitalar, funcionando como uma rede viva que oferece estratégias para promover laços e autonomia de jovens que sofrem de problemas relacionados à saúde mental.
Palavras-chave
   autistas e psicóticos, teatro, oficinas, psicanálise
Público-Alvo
  Público-alvo (usuários): Jovens com grave distúrbios psíquicos entre 16 a 30 anos, autistas, psicóticos e neuróticos graves. Público-alvo (equipe): discentes de graduação e de pós-graduação, técnico, docentes do PPGTP e outros parceiros
Situação
  Atividade COM RELATORIO PARCIAL
Contato
   http://circulandoufrj.wordpress.com/ - Blog do Projeto 9836-3903 - Telefone para contato
«« Voltar