«« Voltar
Corando o Sete: Histologia é Ciencia, Educação e Arte
Protocolo do SIGProj:   321686.1808.228135.02032019
De:02/04/2019  à  02/04/2021
 
Coordenador-Extensionista
  Katia Denise de Souza Arcanjo
Instituição
  UFRJ - Universidade Federal do Rio de Janeiro
Unidade Geral
  CCS - Centro de Ciências da Saúde
Unidade de Origem
  ICB - Instituto de Ciências Biomédicas
Resumo da Ação de Extensão
  O Projeto “Corando o Sete: Histologia é Ciência, Educação e Arte” (também conhecido como C7 ) oferta à sociedade, de forma interativa e formativa, o conhecimento do mundo macro e microscópico por trás da forma dos seres vivos; na saúde e na doença. O Projeto contempla múltiplas ações articuladas em torno deste eixo temático comum. As atividades propostas envolvem exposições em espaços públicos, em escolas e grupos comunitários; visitas à UFRJ por professores e alunos de escolas publicas e particulares (incluindo atividades em Laboratórios de Pesquisa e de Ensino); palestras sobre temas de interesse comunitário; produção de material didático educativo para mostras e aulas práticas ( jogos, maquetes, paródias, cartilhas, pranchas histológicas; textos científicos, cronicas) e, finalmente, a produção de vídeos-aulas, video-palestras, video-entrevistas de divulgação. A ideia é que, o conhecimento da estrutura do corpo contribua no autoconhecimento, promoção da saúde e adoção de atitudes conscientes diante de situações de doença e envelhecimento. Tais ações tem abarcado um público distinto que inclui crianças, adolescentes, adultos e idosos, interessados em aprender um pouco daquilo que desenvolve dentro da Universidade. Considerando que a divulgação e a difusão científicas representam um elo imprescindível para o diálogo com nossa sociedade local acreditamos que as ações já implementadas pelo C7, com um plano de atividades de cunho extensionista bastante diversificado contribui não apenas para o enriquecimento da experiência discente, em termos teóricos e metodológicos, mas também na capacitação de professores de ciências da rede pública/privada e, principalmente, afirmando compromissos éticos e solidários da Universidade pública.
Palavras-chave
   palestras, videos, maquetes, C7, Extensao
Público-Alvo
  Informações Pertinentes: De acordo com a natureza multiação do projeto, o mesmo abrangerá um público alvo bastante heterogêneo e constituido por crianças, jovens, adultos e idosos. Na categoria de jovens, inclui-se alunos do ensino medio e fundamental e na categoria de adultos, individuos com ou sem formação superior, além especificamente de professores do ensino médio e/ou fundamental. Descrição Mais Detalhada da Projeção de Publico Alvo: No primeiro ano de funcionamento , o Projeto alcançou um publico de quase 5.000 pessoas (observar tabelas no edital), distribuídas de acordo com as atividades realizadas. Estimamos que neste proximo ano de 2019, o público alvo deverá ser mais abrangente, não apenas pela intensificação das atividades como pelo poder multiplicador das ações. Por exemplo, a gravação em vídeo das palestras e aulas realizadas seguida da disponibilização destes vídeos em canal no YOUTUBE permitirá um acesso ilimitado aos conteúdos oferecidos. Lembrando que a internet NAO tem sido o meio principal de desenvolvimentos de nssas ações extensionistas. Nossas ações são PRINCIPALMENTE presenciais como podem observar nas descrições detalhadas relatadas e documentos comprobatórios. Da mesmaforma, o material produzido para com essa finalidade será também trabalhado em exposições itinerantes de grande potencial multiplicador. A seguir, serão listadas as atividades que já são realizadas no projeto e que continuarão a ser realizadas no bienio 219/2020 (pois nossas parcerias nos possibilitam isso) bem como o local de realização e instituições parceiras e o público alvo atingido. Ao termino deste texto explicitamos o publico alvo atingido com 1 ANO de funcioamento do projeto e o publico esperado para o proximo biênio. a. Exposições interativas No Museu Espaço Ciência Viva: desenvolvemos exposições interativas para um público estimado de aproximadamente 320 pessoas a cada Sábado da Ciência (nossa media de ações no ano anterior foi de 6 em 12 meses) O público esperado, bastante heterogêneo, será de crianças, jovens, adultos e idosos. As oficinas serão desenvolvidas de acordo com as faixas etárias específicas e o material apresentado será confeccionado previamente nas oficinas realizadas com os alunos de graduação participantes do projeto. Serão produzidos modelos 3D de tecidos e órgãos do corpo humano, jogos e vídeos educativos. Foram 2.020 pessoas envolvidas. b. Palestras: As palestras de divulgação serão oferecidas em 2 formatos. O primeiro para disseminação de informação técnico-científica sobre temas de interesse geral. Essas palestras têm duração de 30-40 minutos e são ministradas por professores especialistas e/ou alunos de graduação experientes. Ao término das palestras sempre há uma sessão interativa de debates. As palestras serão oferecidas no Clube da Vovó / Monte Sinai, com público estimado de 40 pessoas. O publico alvo no caso do Clube da Vovó / Monte Sinai é de adultos/idosos. As palestras serão gravadas, editadas e disponibilizadas no YOUTUBE. O segundo formato será de palestras de sensibilização sobre temas relevantes para o grande público. Essas palestras terão duração de 10-20 minutos e serão ministradas por alunos de graduação devidamente orientados pelos professores participantes. c. Visitas a Labs Graduação: Disponibilizaremos 40 vagas, por semestre, para as visitações aos Laboratórios de Microscopia da UFRJ com atividades práticas (que incluem oficinas temáticas, exposição de modelos 3D desenvolvidos pelos mediadores do projeto, exposições de posters de tecidos e órgãos do corpo humano tb confeccionados por nós) para estudantes do ensino médio (terceiro ano), em parceria com várias escolas como: FAETEC, Colégio Cruzeiro (2 visitas) , Colégio Andrews, Colégio Servita Nossa Senhora Rainha dos Corações, Colégio Salesiano, Escola Sá Pereira e Colégio Pedro II. Já realizamos 7 ações desse tipo no primeiro ano do Pojeto e pretendemos intensificar essas ações aumentando o numero de parcerias com escolas e outras Instituições publicas e privadas (sem preconceito, pois Conhecimento e Extensão é para todos). O publico alvo foi expressivo: 500 pessoas no total ate o momento. d. Também abriremos um espaço de visitação aos Laboratórios de Microscopia no âmbito de uma parceria com os eventos “Conhecendo a Universidade” e “ICB de Portas Abertas”. O público alvo serão alunos e professores da rede pública de ensino nos quais faremos atividades demonstrativas de como observar células ao microscópio, exposições de modelos bi e tridimensionais e oficinas de jogos, sempre desenvolvendo a temática de tecidos e órgãos do corpo humano. A ocorrencias dessas ações são dependentes de nossa Instituição (UFRJ e ICB). No promeiro ano, o C7 participou de 2 ações e pretende continuar essa parceria que tem agregado um publico imenso (1.000) e ávido por conhecimento. d. Vivências Essa atividade será oferecida inicialmente a professores de ciências para divulgação das rotinas de atividades profissionais dentro da Universidade. Osparticipantes, 20 por semestre, serão convidados a passar um total de 20 horas dentro da UFRJ acompanhando o trabalho dos professores em suas rotinas, nas salas de aula, laboratórios e ambulatórios de forma a poderemvivenciar ambientes acadêmicos e profissionais. A partir da experiência adquirida do intercâmbio com os próprios visitantes, os professores participantes irão elaborar uma série de vídeos de divulgação para disseminar oconhecimento sobre as profissões ligadas ou não à academia. Esses vídeos serão intitulados “Vida de Professor”, “Vida de Fisioterapeuta”, “Vida de Médico” e assim por diante. Essa atividade tem um grande potencial multiplicador na medida em que dará aos professores de ensino fundamental e médio uma capacidade expandida de difundir conhecimento sobre as profissões. Concomitante com ações acima mencionadas, os membros do Projeto também criam e desenvolvem materais didatico-padagógicos que, aliás, é imprescindivel para colocar em praticas as ações extensionistas. Chamamos assim essas oficinas de desenvolvimento de material: 1) Oficina de produção de material didático-pedagógico para as exposições (OFIMICRO) e 2) Oficina para produção de vídeos (OFIVIDEO). Como essas atividades serão realizadas apenas com a participação de alunos e professores da UFRJ, ou seja, como não serão abertas ao público externo num primeiro momento, elas não aparecem na listagem orientada para qualificação e quantificação do público alvo extramuros. Ressalte-se que é um trabalho imesurável! A seguir, uma tabela mostrando o publico alvo atingido, diretamente, nas ações extensionistas presenciais (idosos, crianças, jovens, adlescentes e adultos homens e mulheres) como já descrito. O publico total que o projeto tem alcançado é muito maior se considerarmos a disseminação de conhecimento daquilo que se faz dentro da universidade pelas midias sociais do próprio C7.
Situação
  Atividade EM ANDAMENTO
Contato
   O projeto em questão tem utilizados os citados meios de divulgação para sensibilização da ação de extensão junto à comunidade. Outro meio de divulgação tem sido através do nosso site corandoosete.com e Instagram do C7. Temos também contatos presenciais de nossos professores e mediadores com professores e coordenadores pedagógicos de Escolas publicas e privadas, sempre fazendo o processo de divulgação das nossas ações verbalmente, o que temos percebido ser de grande relevância para a os meios de transparência das ações para a comunidade externa.
«« Voltar