«« Voltar
Os agentes e instituições do campo da Informática brasileira: permanências e transformações (1958-1992)
Protocolo do SIGProj:   320166.1817.263430.13012019
De:15/01/2019  à  30/12/2019
 
Coordenador-Extensionista
  Marcelo Vianna
Instituição
  IFRS - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul
Unidade Geral
  Osório - Câmpus Osório - Pesquisa
Unidade de Origem
  P&I - Pesquisa e Inovação
Resumo da Ação de Extensão
  Traçar uma história social da Informática brasileira e as elites “tecnológicas” do campo da Informática a partir das primeiras iniciativas (Grupo de Trabalho para Aplicação de Computadores em 1958) ao final da Secretaria Especial de Informática (SEI) em 1990. Deste modo, reconhece-se que a Informática foi um campo de interesse político e estratégico no Brasil, levando-se em conta a expansão econômica vivenciada no país nas décadas de 1960 e 1970, o que justificou investimentos de grandes empresas multinacionais (IBM, Burroughs) e o nascimento de uma indústria nacional de computadores e periféricos no ano de 1976, que acabaram por informatizar o país no período.
Palavras-chave
   História da Informática, História Social da Tecnologia, Elites, História do Brasil, História das elites
Público-Alvo
  
Situação
  Atividade EM ANDAMENTO
Contato
  
«« Voltar