«« Voltar
Psicologia e Justiça: construção de outros processos (Cópia) 13-05-2018
Protocolo do SIGProj:   306531.1680.68912.13052018
De:05/07/2018  à  05/07/2019
 
Coordenador-Extensionista
  Pedro Paulo Gastalho de Bicalho
Instituição
  UFRJ - Universidade Federal do Rio de Janeiro
Unidade Geral
  CFCH - Centro de Filosofia e Ciências Humanas
Unidade de Origem
  IP - Instituto de Psicologia
Resumo da Ação de Extensão
  O NIAC – programa de extensão da Universidade Federal do Rio de Janeiro - em seus dez anos de existência vem desenvolvendo diferentes ações e projetos, sendo eles: 'Projeto Maré: Escritório da Cidadania', da área do Direito, 'Os Direitos da Cidadania e Promoção do Acesso à Justiça', da área do Serviço Social e o projeto 'Psicologia e Justiça: construção de outros processos”, da área da Psicologia. Dentre as suas respectivas metodologias e especificidades, os diferentes projetos ofertam uma base comum de atividades de ensino, pesquisa e extensão: estudos, publicações, assessoria técnica e assistência psicológica, social e jurídica orientadas para promoção do direito à cidadania das comunidades vizinhas ao Campus Ilha do Fundão, da UFRJ, em especial a crianças e adolescentes em condições vulneráveis. Dentre as várias ações destaca-se o 'Escritório da Cidadania' que volta-se para defesa dos diretos da JUVENTUDE através do atendimentos interdisciplinar no campo do das formas de acesso à Justiça e promoção da Educação em Direitos Humanos. O NIAC busca, também, mobilizar, fortalecer e qualificar o debate junto à rede de profissionais da justiça, da educação e da rede de defesa e garantia dos direitos humanos da população JOVEM. Além disso, visa criar espaços de discussão sobre os mecanismos institucionais que garantam o acesso às políticas públicas sociais e redução dos processos de vitimização e criminalização, por meio da permanente produção de novos saberes que contraponham à lógica dominante de manutenção das relações de poder estabelecidas.
Palavras-chave
   Juventude, Educação em Direitos Humanos, Acesso à Justiça
Público-Alvo
  As muitas demandas, vinculadas ao campo da juventude, que adentram o NIAC (onde o atual projeto se compõe com outros dois projetos, oriundos da Faculdade Nacional de Direito e da Escola de Serviço Social) passam por encaminhamentos de uma rede institucional, com a qual se busca estabelecer diálogo constante. O público alvo, majoritariamente, constitui-se da população jovem que vive nas dezesseis comunidades que compõem o complexo de favelas da Maré, incluindo os estudantes matriculados na rede pública de ensino, além dos alunos regularmente matriculados em cursos de pré-vestibular comunitário da Redes da Maré (Nova Holanda, Baixa do Sapateiro e Vila do João) e em cursos pré-vestibular e pré-técnico do CEASM (Morro do Timbau).
Situação
  Atividade COM RELATORIO PARCIAL
Contato
   http://www.pr5.ufrj.br/niac
«« Voltar