«« Voltar
Debates em Saúde: Riscos no Processo de Doação e Transplante de Órgãos
Protocolo do SIGProj:   305123.1680.295309.14052018
De:29/07/2018  à  26/09/2018
 
Coordenador-Extensionista
  Claudia Affonso Silva Araujo
Instituição
  UFRJ - Universidade Federal do Rio de Janeiro
Unidade Geral
  CCJE - Centro de Ciências Jurídicas e Econômicas
Unidade de Origem
  COPPEAD - Instituto de Pós-Graduação e Pesquisa em Administração
Resumo da Ação de Extensão
  O Debates em Saúde: Riscos no Processo de Doação-Transplante de Órgãos visa a estimular a discussão sobre como melhorar o processo de captação e transplante de órgãos no país. No evento, serão apresentados e discutidos os resultados de pesquisas desenvolvidas no CESS/COPPEAD, que mapearam e identificaram os riscos presentes ao longo de todo o processo de doação-transplante de órgãos. Esta discussão estimulará a interação e troca de saberes entre os profissionais do setor, a academia e a sociedade, representada por associações de pacientes transplantados e de pessoas que estão aguardando na fila por um órgão. No Debates em Saúde, especialistas, coordenadores de centrais de transplantes, pesquisadores do CESS/COPPEAD, estudantes de graduação e pós-graduação, assim como a sociedade civil irão trocar experiências e discutir pesquisas sobre o tema com o público participante.
Palavras-chave
   Doação de Órgãos, Transplante de Órgãos, Mapeamento do Processo, Riscos do processo
Público-Alvo
  Profissionais de saúde em geral, como médicos, anestesistas, profissionais de enfermagem, psicólogos, assistentes sociais e todos os demais profissionais que atuam direta ou indiretamente no processo de captação e de transplante de órgãos no país. Estudantes de graduação e pós-graduação de cursos de Medicina, Enfermagem, Psicologia e Assistência Social. Professores de cursos de graduação e pós-graduação de universidades públicas e privadas. Além disso, o evento atrairá pessoas que estão na fila à espera de um transplante de órgãos, associações relacionadas ao assunto e coordenadores das centrais estaduais de transplantes, responsáveis por gerenciar o processo de doação-transplante de órgãos no país.
Situação
  Atividade COM RELATORIO FINAL
Contato
  
«« Voltar