«« Voltar
Entendendo a Trombose; Uso do Espaço ciência viva na construção do conhecimento sobre trombose e sua correlação com outras patologias e manifestações clínicas. (Cópia) 09-04-2018
Protocolo do SIGProj:   303469.1680.271598.14052018
De:05/07/2018  à  05/07/2021
 
Coordenador-Extensionista
  Russolina Benedeta Zingali
Instituição
  UFRJ - Universidade Federal do Rio de Janeiro
Unidade Geral
  CCS - Centro de Ciências da Saúde
Unidade de Origem
  IBqM - Instituto de Bioquímica Médica
Resumo da Ação de Extensão
  Recadastramento: A formação de um trombo no interior de veias e artérias, causando uma oclusão total ou parcial do vaso, caracteriza o fenômeno de trombose. A trombose venosa e o tromboembolismo têm uma incidência mundial de, 1-2 pessoas por mil habitantes por ano. No Brasil, pesquisas apontam que as doenças do sistema circulatório, incluindo a trombose, estão em terceiro lugar e 170 mil pessoas sofrem com o tromboembolismo. Apesar do número elevado de casos, o conhecimento dos mecanismos de formação dos trombos e de como funciona o sistema hemostático, ainda é um grande mistério para muitos. Nosso desafio é estabelecer uma interação dialógica, associando o saber científico sobre a trombose e o cidadão comum, possibilitando assim que ele aproprie deste conhecimento. O local de realização do projeto, Museu Espaço Ciência Viva (ECV), possui uma ampla e produtiva experiência na construção dos recursos necessários. Durante a execução do projeto, serão criadas oficinas interativas e atividades experimentais sobre sangue, envolvendo as práticas sobre coagulação. Para vivenciar a interatividade e conhecer o sistema sanguíneo de forma sensorial, será utilização de alguns módulos fixos importantes. A artéria gigante (arte instalação tridimensional, de um vaso sanguíneo de 14m2), e o laboratório multidisciplinar. Para construir a estratégia de uso destes módulos, serão aplicados questionários, nos eventos aos sábados. Este levantamento vai direcionar as atividades propostas, que visam atender a demanda assim identificada. Permitindo assim: Ampliar o conhecimento sobre a trombose, provocar o pensamento crítico, aumentar o interesse pela ciência e estabelecer um diálogo com o cotidiano.
Palavras-chave
   Divulgação científica, educação em espaços não-formais, saúde coletiva.
Público-Alvo
  Eventos realizados em todos os últimos sábados de cada mês, em que púbico alvo é a população em geral. Porém são convidadas escolas e grupos sociais, como ongs, associações, etc...
Situação
  Atividade
Contato
  
«« Voltar