«« Voltar
Cultura da Paz entre crianças e adolescentes: a enfermagem na prevenção da violência nas escolas.
Protocolo do SIGProj:   302125.1680.139969.14052018
De:05/07/2018  à  05/07/2019
 
Coordenador-Extensionista
  Lia Leão Ciuffo
Instituição
  UFRJ - Universidade Federal do Rio de Janeiro
Unidade Geral
  CCS - Centro de Ciências da Saúde
Unidade de Origem
  EEAN - Escola de Enfermagem Anna Nery
Resumo da Ação de Extensão
  O Projeto de Extensão 'Cultura da Paz entre crianças e adolescentes: a enfermagem na prevenção da violência nas escolas' visa atuar no cenário escolar, tendo como público alvo as crianças e adolescentes e suas famílias e o corpo social da escola. No desenvolvimento das atividades no ano de 2018 até julho de 2019 identificamos novas demandas sobre temáticas voltadas para prevenção da violência intra e extrafamiliar, que podem estar relacionadas ao comportamento agressivo das crianças e adolescentes na escola. Neste sentido, a atuação de enfermagem está voltada para as atividades preventivas no que se refere à questão da violência, considerando que este é um problema de saúde pública de grande magnitude e impacto social e afeta o cotidiano de muitas pessoas, independentemente de classe social, cor, raça, cultura e religião. Para o ano de 2018 temos a proposta de realizar a observação não participante e anotações em diário de campo com uma frequência maior, durante o intervalo do recreio, principalmente, visando identificar como se dão as relações sociais entre os pares para desta forma criarmos estratégias mais efetivas e eficazes para o enfrentamento da violência na escola. Com isso, será possível elaborar orientações oportunas e edificantes às crianças e adolescentes, aos familiares, e ao corpo social da escola, com a finalidade de ajudar a construir novos conceitos e atitudes protetoras perante às situações de violência e fortalecer também a ideia de que essa realidade pode ser modificada.
Palavras-chave
   Enfermagem, Violência, Criança, Adolescente, Família
Público-Alvo
  Alunos de escolas localizadas no município do Rio de Janeiro de 6 a 14 anos. A escolha do público alvo está atrelado à capacidade das crianças em idade escolar de desenvolver raciocínio concretos; ter noção das responsabilidades enquanto cidadão; desenvolver a solidariedade frente à situações que requerem resiliência; ser um agente com potencial de transformar a realidade/contexto em que vive; serem mais integradas na forma de se expressar e ter a habilidade de utilizar a força da criatividade para buscar soluções concretas para problemas que fazem parte do senso comum.
Situação
  Atividade COM RELATORIO PARCIAL
Contato
  
«« Voltar