«« Voltar
A ciência dá samba: ações extensionistas do Museu Nacional com a comunidade da Imperatriz Leopoldinense
Protocolo do SIGProj:   271951.1484.124564.15052017
De:14/06/2017  à  29/06/2018
 
Coordenador-Extensionista
  Renato Rodriguez Cabral Ramos
Instituição
  UFRJ - Universidade Federal do Rio de Janeiro
Unidade Geral
  FCC - Forum de Ciência e Cultura
Unidade de Origem
  MN - Museu Nacional
Resumo da Ação de Extensão
  O Grêmio Recreativo Escola de Samba Imperatriz Leopoldinense foi fundado em 1959 e representa todo o subúrbio da Leopoldina. O simbolo da escola, a coroa, é referencia ao período no qual a Imperatriz Leopoldina governou o Brasil. A escola anunciou, para o carnaval de 2018, que seu samba-enredo será sobre os 200 anos do Museu Nacional. Esta Instituição, fundada em 1818, por D. João VI, com grande incentivo da Imperatriz Leopoldina, é a mais antiga instituição científica do país e tornar-se samba-enredo neste ano de seu bicentenário é um grande presente. Pois, esta é uma das melhores formas de popularizar sua história e seu papel para a Ciência do Brasil. Em vista disso, a comunidade acadêmica do Museu Nacional abrirá as portas da instituição para receber os trabalhadores, moradores, jovens e crianças que compõem a comunidade da Escola de Samba Imperatriz Leopoldinense. Entende-se que a integração das comunidades da instituição e da escola de samba seja a melhor maneira de fomentar a troca de experiências, visando o real engajamento em prol do samba-enredo e da divulgação científica. Este projeto trata da execução de palestras, oficinas, visitas guiadas às exposições e laboratórios do Museu Nacional, além de realização de atividades lúdicas, para que a comunidade da Imperatriz vivencie o Museu. Além disso, serão realizadas parte das atividades de divulgação científica na quadra da escola de samba, o Museu irá a Ramos, visando maior acessibilidade e integração entre as comunidades.
Palavras-chave
   Divulgação científica, Museu Nacional, integração com a comunidade
Público-Alvo
  O Museu Nacional desenvolverá este projeto exclusivamente com a comunidade da Escola de Samba Imperatriz Leopoldinense, envolvendo trabalhadores, adultos, idosos, jovens e crianças.
Situação
  Atividade CONCLUÍDA
Contato
   E-mail: mn.imperatriz@gmail.com Coordenador: Renato Rodrigues Cabral Ramos Coordenadora Pedagógica: Andrea Fernandes Costa
«« Voltar