«« Voltar
Etnoentomologia nos Caminhos Darwinianos: educação ambiental intermediando as relações entre homens e insetos de importância econômica e médica
Protocolo do SIGProj:   270994.1484.76556.12052017
De:29/06/2017  à  29/06/2018
 
Coordenador-Extensionista
  Vinícius Albano Araújo
Instituição
  UFRJ - Universidade Federal do Rio de Janeiro
Unidade Geral
  Macaé - Campus UFRJ-Macaé Professor Aloísio Teixeira
Unidade de Origem
  Polo Barreto - Polo Barreto
Resumo da Ação de Extensão
  A grande diversidade de insetos é conhecida e utilizada de diferentes formas pela sociedade humana. Considerando os aspectos afetivos, cognitivos e comportamentais da complexa relação dos seres humanos com os insetos, objetiva-se realizar uma investigação etnoentomológica e trabalhar educação ambiental utilizando insetos como modelo nas regiões dos Lagos e Norte do estado do Rio de Janeiro. O projeto será realizado através de ações em escolas, envolvendo fundamentação teórica e atividades artístico-lúdicas, entrevistas abertas e semi-estruturadas, saídas de campo e observações comportamentais. A comunidade envolvida será composta por crianças e adolescentes. As atividades visam estabelecer a forma como a comunidade interage com os insetos e esclarecer a importância dos insetos nos ecossistemas, principalmente na economia e na saúde pública. Assim, espera-se evidenciar pensamentos (conhecimentos e crenças) que intermedeiam as relações dos moradores com a entomofauna local. Na dimensão afetiva espera-se registrar a percepção e a construção êmica do domínio etnozoológico “Inseto”. Quanto à dimensão cognitiva espera-se observar aspectos relacionados com a etnoontogenia, biotransformação e história natural das espécies. Na dimensão comportamental espera-se tratar do uso medicinal, econômico, alimentar e lúdico. Como resultado principal do trabalho, espera-se fornecer uma alternativa educacional que inspire uma percepção mais positiva referente às interações dos insetos com o homem. Considerando que os insetos representam um importante papel na vida sociocultural das comunidades, fazem-se necessários estudos capazes de retratar e resgatar o conhecimento etnoentomológico e o traduzir em um recurso valioso no processo de desenvolvimento regional, prevenção de doenças e em inventários da entomofauna local.
Palavras-chave
   Etnoentomologia, insetos, cultura, saúde pública, educação ambiental
Público-Alvo
  O projeto será desenvolvido em diferentes escolas públicas de 4 cidades vizinhas nas regiões Norte e Lagos Fluminense. O público alvo atingido inclui crianças e adolescentes de 5 a 12 anos (cerca de 300). Além da comunidade escolar, também serão envolvidos indiretamente as famílias das crianças através do registro etnográfico. O material produzido pelo trabalho(principalmente a cartilha ilustrada) poderá gerar conhecimento acerca da relação homem-inseto na região e divulgada para toda sociedade na forma impressa e/ou mídia eletrônica.
Situação
  Atividade CONCLUÍDA
Contato
   Vinícius Albano Araújo 22 992416284
«« Voltar