«« Voltar
Inclusão do Sujeito com Hanseníase no Mercado de Trabalho por meio do Emprego Apoiado
Protocolo do SIGProj:   252460.1327.215193.07122016
De:31/01/2017  à  30/01/2018
 
Coordenador-Extensionista
  Fatima Beatriz Maia
Instituição
  UFRJ - Universidade Federal do Rio de Janeiro
Unidade Geral
  CCS - Centro de Ciências da Saúde
Unidade de Origem
  FM - Faculdade de Medicina
Resumo da Ação de Extensão
  Trata-se de um projeto de extensão proposto e que será executado por docentes, técnicos administrativos e estudantes do Departamento de Terapia Ocupacional da Faculdade de Medicina da UFRJ, assim como estudantes de graduação, pós graduação e técnicos de outros departamentos com respectivos interesses na temática. O objetivo deste projeto é oportunizar possibilidades de reinserção no mercado de trabalho para pessoas acometidas pela hanseníase com grau de incapacidade instalado a partir uso da tecnologia social do Emprego Apoiado - EA. O EA é uma metodologia para inserção no mercado de trabalho de pessoas em vulnerabilidade sócioeconômical, a partir da mediação entre trabalhador e empregador. A preocupação deste projeto insere-se na tentativa de compreender o campo da saúde e suas interfaces com o campo social e do trabalho, como potencial articulador na inserção de pessoas com hanseníase em redes sociais de suporte mais ampliadas e coesas, aumentando e qualificando a participação social. A hanseníase ainda é um grave problema de saúde pública. O grau de incapacidade gerado é um dos fatores responsáveis pela exclusão no mercado de trabalho e de vulnerabilidades sócioeconômicas. Apesar da inclusão do deficiente no mercado de trabalho demonstrar crescimento, ainda precisamos avançar não apenas no cumprimento da lei de cotas nº 8.213/91 que define as regras das cotas para deficientes no mercado de trabalho, mas especialmente no que se refere à valorização da capacidade e das habilidades que vão determinar a competência do indivíduo no universo do trabalho e demais relações de sociabilidade.
Palavras-chave
   Emprego Apoiado, Incapacidade Física, Hanseníase
Público-Alvo
  O projeto é destinado à usuários de ambos os sexos, maiores de 16 anos, que realizam acompanhamento no ambulatório de hanseníase do Hospital Universitário Clementino Fraga Filho – UFRJ. Participarão do projeto, enquanto equipe executora, docentes, técnicos adminstrativos e estudantes de graduação e pós-graduação. Os estudantes passarão a fazer parte do projeto, assim que este for aprovado. Será feito o processo de seleção, contemplando os estudantes em todas as etapas do projeto.
Situação
  Atividade COM RELATORIO PARCIAL
Contato
   A principal divulgação deste projeto acontece entre os professores envolvidos e por meio dos alunos de graduação e pós graduação que propagam a informação entre os colegas.
«« Voltar