«« Voltar
História e Cinema na desconstrução de preconceitos e racismos: questões e implicações da Lei 10.639/2003
Protocolo do SIGProj:   223251.1104.245006.24012016
De:29/02/2016  à  30/08/2016
 
Coordenador-Extensionista
  Leandra Domingues Silvério
Instituição
  UFTM - Universidade Federal do Triângulo Mineiro
Unidade Geral
  UGP - Unidade Geral Padrão
Unidade de Origem
  IELACHS - Instituto de Educação, Letras, Artes, Ciências Humanas e Sociais
Resumo da Ação de Extensão
  O projeto em questão voltado para a comunidade escolar da rede de ensino básico e externa em geral, prioriza análises críticas sobre temáticas que perpassam a Lei 10.639/2003 por meio do uso da fonte cinematográfica nacional e internacional e de referencial bibliográfico nas áreas de história, cultura e educação, isto é, visa-se problematizar a realidade social de preconceitos e racismos por intermédio da relação entre história e cinema. Almeja-se a desconstrução de toda e qualquer forma de preconceitos e racismos tendo por intermédio o ensino, a pesquisa, o conhecimento e a aprendizagem das origens, histórias e culturas de sociedades africanas que influenciaram a formação da sociedade brasileira, refletindo sobre lutas e resistências dos negros africanos e dos afro-brasileiros. A Fonte cinematográfica será utilizada como meio de se observar como as produções fílmicas podem ou não influenciar na difusão de pensamentos e comportamentos sociais, por exemplo, quando da criação de personagens estereotipados em diferentes âmbitos ou o seu contrário, quando podem contribuir para despertar olhares sobre diversos sujeitos que resistem a diferentes formas de opressão. A metodologia prevê encontros semanais com o público-alvo para a exibição fílmica seguida de debate e sistematização oral e escrita das ideias. Sobre a perspectiva acadêmica e social o projeto é pautado na indissociabilidade entre extensão, ensino e pesquisa e do diálogo entre universidade e sociedade, bem como se preocupa com a formação inicial da discente bolsista fomentando a reflexão e o compromisso social e educacional sobre o seu ofício.
Palavras-chave
   Cultura, Educação, Racismo, História, Cinema
Público-Alvo
  Público-alvo prioritário é a comunidade externa escolar da rede de ensino básico. Caso não haja demanda para o total das 30 vagas poderá se inscrever comunidade interna da UFTM.
Situação
  Atividade COM RELATORIO FINAL
Contato
   Leandra Domingues Silvério: leandra_domingues@yahoo.com.br (coordenadora do projeto)
«« Voltar