«« Voltar
DATALUTA - Banco de Dados da Luta pela Terra
Protocolo do SIGProj:   222531.1104.245432.15012016
De:29/02/2016  à  30/08/2016
 
Coordenador-Extensionista
  Janaina Francisca de Souza Campos Vinha
Instituição
  UFTM - Universidade Federal do Triângulo Mineiro
Unidade Geral
  UGP - Unidade Geral Padrão
Unidade de Origem
  IELACHS - Instituto de Educação, Letras, Artes, Ciências Humanas e Sociais
Resumo da Ação de Extensão
  O projeto DATALUTA constitui uma importante fonte de dados e informações qualitativas para a compreensão das realidades e cenários criados a partir da luta pela terra, no sentido de apreender as experiências políticas e lutas sociais que se desenvolvem no campo brasileiro. A proposta pauta-se na necessidade do registro e sistematização da realidade da luta pela terra, em especial no estado de Minas Gerais, enfatizando a atuação dos movimentos socioterritoriais que se desenvolvem por meio dos conflitos agrários. O DATALUTA vem sendo organizado desde 1998 junto a Universidade Estadual Paulista (Unesp), assumindo grande importância para a comunidade científica e organizações públicas e sociais envolvidas com as temáticas Trabalho e Direitos Humanos e Justiça. Ao ser trazido para a UFTM no ano de 2015, o projeto amplia seu escopo analítico e e assume relevância para a comunidade externa na região do Triângulo Mineiro, utilizado como subsídio para elaboração de políticas públicas e pesquisas vinculadas à questão agrária brasileira, principalmente em torno da reforma agrária.
Palavras-chave
   Luta pela terra, Reforma agrária, Questão agrária.
Público-Alvo
  A estimativa do público direto almejado pode ser feita principalmente em termos qualitativos, envolvendo os assentados da reforma agrária em Minas Gerais, filiados em movimentos sociais, organizações sociais, órgãos públicos, pesquisadores e demais interessados.
 É difícil mensurar o alcance dos resultados dos estudos, mas estimamos com base no número de acesso aos sites da Rede Dataluta e da Comissão Pastoral da Terra - CPT (Nacional/Goiânia) e número de participantes dos eventos realizados. Isso sem contar os relatórios, boletins e dados brutos fornecidos através de planilhas (Excel) em sites dos grupos da Rede Dataluta, as análises, opiniões e demais resultados do banco de dados são fornecidos em entrevistas no Podcast Unesp - Territorial (http://podcast.unesp.br/). Direto: 1.000 Indireto: 10.000 Total: 11.000 (aproximadamente)
Situação
  Atividade COM RELATORIO FINAL
Contato
  
«« Voltar