«« Voltar
ANÁLISE DO USO DOS MARCADORES CONTRA-ARGUMENTATIVOS EM PRODUÇÕES ESCRITAS POR APRENDENTES BRASILEIROS DE ESPANHOL COMO LE
Protocolo do SIGProj:   220799.1005.2715.10122015
De:04/04/2015  à  29/04/2018
 
Coordenador-Extensionista
  Angela Karina Manfio
Instituição
  UFMS - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Unidade Geral
  CPTL - Câmpus de Três Lagoas
Unidade de Origem
  PPGL - Programa de Pós-Graduação em Letras
Resumo da Ação de Extensão
  O referido projeto visa a analisar o uso dos marcadores contra-argumentativos em produções escritas elaboradas por universitários brasileiros aprendentes de Espanhol como Língua Estrangeira (ELE) ao longo dos três últimos anos de seu processo de aprendizagem (implícita e explícita) da referida língua adicional. Pretendemos perscrutar as estratégias cognitivas e/ou de aprendizagem por eles empregadas na utilização dessa classe de marcador (conectores) da língua que estão aprendendo. Nossos objetivos são: elencar e diagnosticar os principais erros surgidos da aquisição-aprendizagem de línguas próximas como é o caso do Espanhol e do Português, Língua Materna (LM) desses aprendentes, a fim de averiguar se eles utilizam ou não os conectores contra-argumentativos em suas produções textuais escritas e se quando o fazem, procedem de maneira apropriada ou inapropriada (considerando a forma e o sentido desses conectores e, ainda, as interferências da LM e da própria LE). Acreditamos que investigações desse tipo podem auxiliar a esclarecer dúvidas, a elaborar material pedagógico e estabelecer critérios para a avalição da competência comunicativa dos aprendentes brasileiros de ELE.
Palavras-chave
   Língua Espanhola, Marcadores discursivos, Conectores contra-argumentativos.
Público-Alvo
  
Situação
  Atividade CONCLUÍDA
Contato
  
«« Voltar