«« Voltar
Economia Solidária e Turismo: Trilhando Caminhos para o Trabalho Coletivo
Protocolo do SIGProj:   220250.1109.192418.18122015
De:31/03/2016  à  30/08/2016
 
Coordenador-Extensionista
  Fabiana de Agapito Kangerski
Instituição
  IFSC - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina
Unidade Geral
  IFSC-GAR - Campus Garopaba
Unidade de Origem
  DEPE - Departamento de Ensino, Pesquisa e Extensão
Resumo da Ação de Extensão
  Desde 2012 o IFSC Câmpus Garopaba vem atuando na formação de Condutores Ambientais Locais de Garopaba e Imbituba, por meio de curso específico em Formação Inicial e Continuada. Em 2014 iniciou-se o curso técnico subsequente em Guia de Turismo. Ao todo, hoje a região conta com mais de 60 condutores ambientais certificados e terá em 2016 cerca de 20 guias de turismo regionais credenciados por esta Instituição de Ensino. Docentes do eixo tecnológico de Turismo, Hospitalidade e Lazer e Ambiente e Saúde vêm realizando o acompanhamento com os egressos. Percebe-se que alguns deles estão atuando individualmente e, outros, estabeleceram coletivos de trabalho, porém não estão formalizados ou necessitam de maior apoio para se fortalecerem coletivamente. Diante deste panorama é o que o IFSC Garopaba delineou este projeto trazendo à discussão importantes temáticas: economia solidária, desenvolvimento territorial sustentável e turismo de base comunitária. A economia solidária apresenta práticas que se baseiam em valores culturais que colocam o ser humano como sujeito e finalidade da atividade econômica, em vez da acumulação privada de riqueza em geral e de capital em particular. Tal concepção mantém relação com o 8º objetivo do milênio (todo mundo trabalhando pelo desenvolvimento). Intenciona-se por meio da realização de oficinas, visitas técnicas e encontros, criar um espaço de intercâmbio e propiciar o empoderamento dos condutores ambientais, de turismo de aventura e guias de turismo, no sentido de atuarem coletivamente, estimulando o desenvolvimento de atitudes e práticas voltadas à economia solidária, no âmbito de atuação do turismo.
Palavras-chave
   economia solidária, turismo de base comunitária, autogestão
Público-Alvo
  O público-alvo do projeto serão os profissionais condutores ambientais, condutores de turismo de aventura, que são egressos do IFSC Câmpus Garopaba, bem como os alunos do curso técnico em guia de turismo, que concluirão o curso em julho/2016, além de ex-alunos dos cursos de Formação Inicial Continuada voltados à Educação Patrimonial e ao Turismo.
Situação
  Atividade COM RELATORIO FINAL
Contato
   IFSC Câmpus Garopaba fabiana.agapito@ifsc.edu.br Fones:
«« Voltar