«« Voltar
ASPECTOS EPIDEMIOLÓGICOS, CLÍNICOS E MOLECULARES DE CANDIDÍASE OPORTUNISTA
Protocolo do SIGProj:   216403.1005.230063.29122015
De:28/02/2015  à  30/07/2017
 
Coordenador-Extensionista
  Pedro Fernando Diniz Barros
Instituição
  UFMS - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Unidade Geral
  PROPP - Pró Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação
Unidade de Origem
  CPG/PROPP - Coordenadoria de Pós-Graduação
Resumo da Ação de Extensão
  A incidência de infecções fúngicas sistêmicas tem aumentado nos últimos anos. Estudos realizados em diferentes países têm mostrado diferença na epidemiologia das infecções invasivas causadas por espécies de Candida spp. Com vistas a otimizar o diagnóstico e auxiliar o manejo clínico dessas doenças a pesquisa propõe a estudar as características epidemiológicas, clínicas e moleculares de candidíase no estado de Mato Grosso do Sul; realizar a caracterização fenotípica e molecular dos agentes etiológicos e avaliar o perfil de susceptibilidade antifúngica de espécies de Candida spp. Serão selecionados Candida spp isoladas de cultura de pacientes que procurarem atendimento no Hospital Maria Pedrossiam da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul em Campo Grande, no período de maio de 2014 a maio de 2015. A identificação dos microrganismos será feita por meio de técnicas convencionais padronizadas. A tipagem molecular será feita por técnicas de PCR de acordo com protocolos previamente descritos. A suscetibilidade antifúngica será determinada pelo método de microdiluição em caldo conforme Clinical Laboratory Standards Institute (M27-S4), com os antifúngicos fluconazol, itraconazol,voriconazol e anfotericina B. Este estudo terá impacto científico e tecnológico, pois proporcionará a implantação de técnicas de biologia molecular para genotipagem de Candida spp importantes agentes de micoses oportunistas.
Palavras-chave
   Candidíase, Candida sp., Tipagem molecular, Infecções oportunistas, Infecções fúngicas
Público-Alvo
  
Situação
  Atividade CONCLUÍDA
Contato
  
«« Voltar