«« Voltar
Desenvolvimento de antígeno recombinante para o controle de carrapatos do gênero Amblyomma spp.
Protocolo do SIGProj:   212272.1005.238160.28082015
De:05/11/2015  à  07/03/2018
 
Coordenador-Extensionista
  Francisco Tobias Barradas Piña
Instituição
  UFMS - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Unidade Geral
  FAMED - Faculdade de Medicina
Unidade de Origem
  PPGDIP - Programa de Pós-Graduação em Doenças Infecciosas e Parasitárias
Resumo da Ação de Extensão
  Os carrapatos são responsáveis por transmitirem aos seres humanos e animais uma grande variedade de bioagentes. Entre eles o mais importante no Brasil é a Rickettsia rickettsii causadora da febre maculosa brasileira (FMB), que acomete seres humanos. Apresenta-se como doença infecciosa aguda, de gravidade variável. Os principais vetores são os carrapatos do gênero Amblyomma spp., sendo que a ecologia e a distribuição do carrapato vetor, determinam os principais aspectos epidemiológicos desta enfermidade. No Brasil o Amblyomma sculptum é o principal responsável por transmitir a febre maculosa brasileira, apresentando ampla distribuição em todo o território nacional e é o principal carrapato encontrado parasitando seres humanos. Este carrapato possui um ciclo trioxeno, no Brasil antas (Tapirus terrestris), capivaras (Hydrochoerus hydrochaeris) e cavalos são os principais hospedeiros dessa espécie de ectoparasita quando na fase adulta. Este trabalho tem como objetivo desenvolver um antígeno recombinante baseado na proteína aquaporin para o controle de carrapatos do gênero Amblyomma spp.
Palavras-chave
   vacina, aquaporin, amblyomma spp, controle carrapato
Público-Alvo
  
Situação
  Atividade CONCLUÍDA
Contato
  
«« Voltar