«« Voltar
Apneia Obstrutiva do Sono em pacientes asmáticos
Protocolo do SIGProj:   211974.1068.237918.03082015
De:30/08/2015  à  30/08/2016
 
Coordenador-Extensionista
  Janaína Oliveira Bentivi Pulcherio
Instituição
  UFMA - Universidade Federal do Maranhão
Unidade Geral
  CCBS - Centro de Ciências Biológicas e da Saúde
Unidade de Origem
  DEMEDI - Departamento de Medicina I
Resumo da Ação de Extensão
   Tem sido observado que 60-74% dos pacientes com asma apresentam sintomas noturnos, os quais funcionam como marcadores do controle inadequado da doença. Observaram que a Síndrome da Apneia Obstrutiva do Sono (SAOS) esteve associada a 3,6 vezes mais chances de se ter asma não controlada. Nesse sentido, os benefícios à população serão significativos já que se comprovada a correlação entre a asma e a apneia obstrutiva do sono teremos disponível ferramentas úteis no manejo clínico dos pacientes, melhorando a abordagem ao controle e gravidade da doença. Estima-se um gasto anual com asma de US$ 11 bilhões nos EUA, onde metade desse montante é usado com hospitalizações, enquanto Kapur et al. demonstraram que a média anual de custos médicos para os pacientes com SAOS que não têm diagnóstico é de US$ 2.720, aproximadamente o dobro do que tem sido visto em pacientes que têm diagnóstico e tratamento para distúrbio respiratório do sono. Rastrear SAOS em pacientes asmáticos é, portanto, fundamental para uma menor operação do Sistema Nacional de Saúde (SUS), diminuindo os gastos públicos e diminuindo o número de internações. O projeto Prevalência de Apneia Obstrutiva Crônica em Pacientes Asmáticos possui relevância na mudança desta realidade na medida em que pretende diminuir a porcentagem de pacientes com SAOS sem o devido conhecimento da doença. Entre os principais objetivos do projeto estão os de promover saúde e conhecimento a população sobre o binômio asma-SAOS através de ações extensionistas direcionadas aos pacientes, acompanhantes e profissionais de saúde.
Palavras-chave
   Asma, Apneia Obstrutiva do Sono, SAOS, Sonolência Diurna Excessiva
Público-Alvo
  O público alvo do trabalho são os pacientes asmáticos em acompanhamento pelo PAPA-HUPD (Programa de Assistência aos Pacientes Asmáticos), cerca de 2000 atualmente, familiares que os acompanham, estudantes e profissionais da área da saúde e a população em geral.
Situação
  Atividade COM RELATORIO FINAL
Contato
   Rua Barão de Itapary, nº182, Centro, São Luís ­ MA. Telefone: (98) 21099295
«« Voltar