«« Voltar
Comparação entre diferentes técnicas de avaliação de medula óssea para o diagnóstico parasitológico de Leishmaniose Visceral Canina
Protocolo do SIGProj:   210877.1005.157901.20072015
De:01/03/2015  à  27/02/2017
 
Coordenador-Extensionista
  Tamires Ramborger Antunes
Instituição
  UFMS - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Unidade Geral
  FAMEZ - Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia
Unidade de Origem
  PPGVET - Programa de Pós-Graduação em Ciências Veterinárias
Resumo da Ação de Extensão
  A leishmaniose visceral é uma doença endêmica causada por protozoários do gênero Leishmania (Leishmania) infantum chagasi que acomete mamíferos, inclusive o homem. As formas amastigotas do parasito disseminam-se em monócitos mononucleares a partir do sistema vascular e linfático e atingem a medula óssea, baço, linfonodos e fígado.O diagnóstico da doença muitas vezes é um desafio para o médico veterinário e o método parasitológico é o mais específico para a detecção do parasito. A avaliação da medula óssea e do baço é frequentemente utilizada para a busca do agente, especialmente em humanos. Contudo, durante a aspiração esplênica, há grande risco de ocorrência de hemorragia, quando comparado com o aspirado medular e estudos confirmaram que a medula óssea apresenta parasitismo persistente, sofrendo também rápido acúmulo de amastigotas. Uma alternativa para melhorar a sensibilidade da investigação na medula óssea é a utilização do citobloco (cell-block), uma técnica que permite concentração de células provenientes de amostras líquidas, melhorando a capacidade de diagnóstico. Este estudo pretende determinar a sensibilidade das técnicas de mielograma, citobloco e biópsia para investigação diagnóstica de Leishmania sp. na medula óssea de cães infectados naturalmente e espera-se que as técnicas possam ser utilizadas para o aperfeiçoamento da investigação parasitológica, em casos de suspeita de leishmaniose visceral, tanto em humanos quanto em animais e também fomentar novos estudos para o entendimento do envolvimento da medula óssea em cães que apresentam a doença.
Palavras-chave
   Leishmania spp., cães, medula óssea, citologia, citobloco.
Público-Alvo
  
Situação
  Atividade COM RELATORIO FINAL
Contato
  
«« Voltar