«« Voltar
Desenvolvimento e implantação de um termômetro de sensação térmica no IFSC Campus Urupema
Protocolo do SIGProj:   210611.1055.207801.02072015
De:04/10/2015  à  04/10/2016
 
Coordenador-Extensionista
  Glauco Cardozo
Instituição
  IFSC - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina
Unidade Geral
  IFSC-URU - Campus Urupema
Unidade de Origem
  CERE - Coordenadoria de Extensão e Relações Externas
Resumo da Ação de Extensão
  Famoso pelo inverno rigoroso, o município de Urupema é conhecido por ser a cidade mais fria do Brasil. Com temperaturas que podem chegar facilmente à -10ºC e com sensação térmica que passam de -40ºC, anualmente muitos turistas visitam a cidade em busca da neve e do frio. De modo geral as cidades sempre possuem um termômetro indicando a temperatura em algum local da cidade. No entanto a sensação térmica, resultante da temperatura, umidade e ação do vento, que as pessoas experimentam é muito inferior a apontada pelos termômetros. Desta forma o objetivo principal deste projeto visa o desenvolvimento e implantação de um termômetro de sensação térmica, buscando assim informar as pessoas da verdadeira sensação que estão vivenciando naquele momento e ao mesmo tempo divulgar a região, promovendo o IFSC campus Urupema.
Palavras-chave
   Turismo, Tecnologia, Sensação Térmica
Público-Alvo
  O projeto destina-se a valorizar a região serrana, em específico o município de Urupema, assim como o campus do IFSC daquela região. Conhecida nacionalmente como a cidade mais fria do Brasil, Urupema possui um inverno rigoroso, com temperaturas que podem chegar à -10 ºC. Muito procurada pelos turistas, o município possui vários pontos turísticos que procuram a região principalmente no inverno. Desta forma, este projeto tem como público alvo as pessoas da região e os turistas que visitam a cidade anualmente.
Situação
  Atividade EM ANDAMENTO
Contato
  
«« Voltar