«« Voltar
GRAVIDADE E IMPACTO FUNCIONAL DAS QUEDAS EM IDOSOS ASSISTIDOS POR UM SERVIÇO DE ATENDIMENTO PREHOSPITALAR
Protocolo do SIGProj:   209033.1005.70658.16062015
De:31/05/2015  à  30/12/2016
 
Coordenador-Extensionista
  Daniela Serrou do Amaral Oshiro
Instituição
  UFMS - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Unidade Geral
  CCBS - Centro de Ciências Biológicas e da Saúde
Unidade de Origem
  PPGEnf - Aluno(a) do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem
Resumo da Ação de Extensão
  Trata-se de um estudo transversal, descritivo e prospectivo, cujos objetivos são: analisar as consequências e os fatores relacionados a quedas da própria altura de idosos assistidos por um serviço de atendimento pré-hospitalar, bem como a interferência na independência funcional dos mesmos. Os dados sobre as quedas serão obtidos do sistema informatizado do serviço de atendimento pré-hospitalar (APH). Quanto aos idosos, será agendada entrevista e realizada visita domiciliar com aplicação dos seguintes instrumentos: Medida de Independência Funcional, a fim de avaliar a capacidade funcional para o autocuidado, Escala de Downton, onde constam os fatores de risco intrínsecos e a Escala Ambiental de Risco para quedas visando observar os riscos extrínsecos. Os resultados poderão subsidiar estratégias para atuação dos profissionais de saúde na prevenção de quedas e instrução junto aos idosos e suas famílias através de medidas epidemiológicas simples e econômicas.
Palavras-chave
   idoso, acidentes por queda, incapacidade funcional, atendimento pré-hospitalar
Público-Alvo
  
Situação
  Atividade COM RELATORIO FINAL
Contato
  
«« Voltar