«« Voltar
DA CORTESIA À DESCORTESIA: UMA ANÁLISE LINGUÍSTICO-DISCURSIVA DE UM DEBATE POLÍTICO TELEVISIVO ENTRE OS PRESIDENCIÁVEIS DILMA ROUSSEF E AÉCIO NEVES NA CAMPANHA DE 2014.
Protocolo do SIGProj:   208968.1005.1930.29122015
De:12/02/2013  à  12/06/2016
 
Coordenador-Extensionista
  Ione Vier Dalinghaus
Instituição
  UFMS - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Unidade Geral
  CPAQ - Câmpus de Aquidauana
Unidade de Origem
  GAB/CPAQ - Gabinete do Diretor
Resumo da Ação de Extensão
  No âmbito dos estudos linguísticos, a presente tese se volta ao estudo de uma interação linguística face a face entre os candidatos à presidência da república brasileira, durante o segundo turno das eleições de 2014. Com o objetivo de analisar e interpretar as intervenções linguístico-discursivas por meio das quais os presidenciáveis se mostram corteses e, particularmente descorteses, examinaremos os enunciados dos candidatos Dilma Roussef (PT) e Aécio Neves (PSDB), durante o debate televisivo realizado nos estúdios do SBT – Sistema Brasileiro de Televisão, no dia 16 de outubro de 2014. A análise se dará sob a perspectiva dos estudos da enunciação, por considerar-se que as expressões linguísticas de cortesia/descortesia ocorrem na construção dos enunciados destinados a criar sentidos e, dessa maneira, sustentar o trabalho de argumentação e persuasão. As principais literaturas que fundamentam esta pesquisa são as teorias clássicas da interação verbal encontradas em Goffman (1967,1970), Brown & Levinson (1978; 1987); teorias da enunciação, Benveniste (2006) e Fiorin (2004, 2010); estudos de cortesia/descortesia, Briz (2004, 2012, 2014); Blas Arroyo (2001; 2003; 2010) Bolívar (2005)´ y Bravo (2002). Por fim, no que tange ao discurso político e à própria análise do corpus, têm-se o suporte teórico dos autores franceses, Charaudeau (2013, 2014) e Kerbrat-Orecchioni (2006; 2014). Espera-se mostrar, por meio desta pesquisa, que o uso de estratégias corteses no debate político, quando acontece, tem objetivos contrários à cortesia, no intuito de desconstruir o éthos do candidato adversário. A previsão para o término do presente estudo é junho de 2016.
Palavras-chave
   Interação face a face, Discurso político, cortesia, descortesia
Público-Alvo
  
Situação
  Atividade COM RELATORIO FINAL
Contato
  
«« Voltar