«« Voltar
Empoderar para crescer: a busca pela autonomia laboral de pessoas com deficiência intelectual
Protocolo do SIGProj:   207352.994.49284.07052015
De:10/05/2015  à  29/12/2015
 
Coordenador-Extensionista
  Isabelle Cahino Delgado
Instituição
  UFPB - Universidade Federal da Paraíba
Unidade Geral
  CCS - Centro de Ciências da Saúde
Unidade de Origem
  GRADFONO - Departamento de Fonoaudiologia
Resumo da Ação de Extensão
  Introdução: A deficiência intelectual é um termo utilizado quando uma pessoa apresenta certas limitações no seu funcionamento mental e no desempenho de tarefas como as de comunicação, cuidado pessoal e de relacionamento social. Estas limitações provocam uma maior lentidão na aprendizagem e no desenvolvimento dessas pessoas. Segundo a literatura, no Brasil o sentido empregado ao empoderamento se refere ao processo de mobilizações e práticas que objetivam promover e impulsionar grupos e comunidades na melhoria de suas condições de vida, aumentando sua autonomia. Ante o exposto, o empoderamento possibilita às pessoas com deficiência intelectual ferramentas necessárias para que elas se tornem autoras de sua própria história, podendo decidir a respeito de todos os aspectos de sua vida, além de possibilitar transformações nas relações sociais, culturais e econômicas das mesmas. Objetivo geral: implementar estratégias de empoderamento para a promoção da educação, saúde e autonomia de jovens e adultos com deficiência intelectual, com vistas a sua profissionalização. Método:serão elaboradas estratégias que minimizem as diferenças e favoreçam a inclusão de pessoas com deficiência intelectual, no que se refere à profissionalização. Este programa será realizado em seis setores da Universidade Federal da Paraíba – Campus I, onde participarão seis sujeitos com deficiência intelectual, que realizarão atividades em seus respectivos setores dentro da Universidade no período de maio a dezembro de 2015. Resultados esperados: Pretende-se estimular a profissionalização desses sujeitos e, consequentemente, possibilitar o treino de habilidades e a preparação para a inserção no trabalho, com direitos, deveres e com habilidades para diferentes tarefas e funções.
Palavras-chave
   Empoderamento, comunicação, autonomia, inclusão, deficiência.
Público-Alvo
  Serão contemplados diretamente com este programa jovens com deficiência intelectual, isto é, com determinadas limitações (mas não impedimentos totais) das habilidades cognitivas, simbólicas, de linguagem e autonomia. O programa terá o objetivo crucial de implementar estratégias de empoderamento para a promoção da educação, saúde e autonomia de jovens e adultos com deficiência intelectual, com vistas a sua profissionalização. Este aspecto favorece a articulação entre poder público e a sociedade por meio de mecanismos e instâncias de participação social.
Situação
  Atividade COM RELATORIO FINAL
Contato
  
«« Voltar