«« Voltar
Desenvolvimento de nanomateriais luminescentes para aplicações em análise forense
Protocolo do SIGProj:   206718.1005.152458.28042015
De:14/03/2015  à  14/03/2019
 
Coordenador-Extensionista
  Edita Gil
Instituição
  UFMS - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Unidade Geral
  INQUI - Instituto de Química
Unidade de Origem
  PPGQ - Programa de Pós-Graduação em Química
Resumo da Ação de Extensão
  Os nanomateriais conhecidos como sílica mesoporosa são sintetizados a partir de direcionadores de estrutura (surfactantes) e precursores inorgânicos e possuem de maneira geral tamanho de poros que podem ser controlados (entre 2-10 nm), superfície específica (1000 m2.g-1) e volume de poros (1 cc.g-1) elevados, o surgimento desta nova classe de materiais ocorreu em 1992 pelos pesquisadores da “Mobil Research and Development Corporation”. Com todas estas qualidades os materiais serão utilizados como matriz hospedeira para complexos luminescentes a base de íons lantanídeos. O fenômeno da luminescência lhes confere propriedades bastante peculiares para serem utilizados em impressões digitais plantadas em materiais como isopor, madeira e papel. Tanto os materiais como as impressões digitais serão avaliados com as técnicas de caracterização: espalhamento de raios X a baixo ângulo (SAXS), sorção-dessorção de nitrogênio a 77K (BET), microscopia eletrônica de varredura (SEM), análise termogravimétrica (TGA), espectroscopia infravermelho (FT-IR), espectroscopia eletrônica ultravioleta-visível (UV-Vis) e espectroscopia de luminescência.
Palavras-chave
   Sílica mesoporosa, Complexos luminescentes, Impressão digital.
Público-Alvo
  
Situação
  Atividade EM ANDAMENTO
Contato
  
«« Voltar