«« Voltar
Adaptação de forno resistivo para sinterização de amostras em vácuo e atmosfera controlada.
Protocolo do SIGProj:   199207.943.226220.27022015
De:17/04/2015  à  17/04/2016
 
Coordenador-Extensionista
  Fábio Luis Knewitz
Instituição
  IFRS - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul
Unidade Geral
  Erechim - Câmpus Erechim - Pesquisa
Unidade de Origem
  P&I - Pesquisa e Inovação
Resumo da Ação de Extensão
  O projeto proposto consiste em construir um sistema capaz de ser adaptado em um forno resistivo presente no laboratório de metalurgia para que se torne possível realizar tratamentos térmicos de sinterização. O sistema constituirá basicamente de um tubo cerâmico de mulita, tendo a suas extremidades lacradas por flanges, para que um sistema de vácuo e um sistema de inserção de gases possam ser conectados. Esta implementação permitirá a realização de uma etapa crítica no processo de fabricação conhecido por metalurgia do pó. A metalurgia do pó é um processo de fabricação que consiste a compactação de pós metálicos na geometria da peça a ser obtida, com posterior tratamento térmico de sinterização, dando a este produto características únicas como: porosidade controlada, projeto microestrutural e obtenção de materiais compósitos. O conteúdo “Metalurgia do Pó” é abordado na disciplina de Conformação Mecânica do curso de Engenharia Mecânica e na disciplina de Processos de Conformação do curo técnico em Mecânica do Instituto Federal do Rio Grande do Sul, campus Erechim.
Palavras-chave
   Sinterização, Metalurgia do Pó, Sistema de Vácuo
Público-Alvo
  
Situação
  Atividade COM RELATORIO FINAL
Contato
  
«« Voltar