«« Voltar
Acompanhamento farmacoterapêutico e avaliação da função renal em diabéticos
Protocolo do SIGProj:   197904.955.8670.13022015
De:30/04/2015  à  31/12/2015
 
Coordenador-Extensionista
  Maria Fernanda Spegiorin Salla Brune
Instituição
  UFMT - Universidade Federal de Mato Grosso
Unidade Geral
  PROARAGUAIA - Pró-Reitoria do Campus Universitário do Araguaia
Unidade de Origem
  SG - CUA - Secretaria Geral
Resumo da Ação de Extensão
  A doença renal crônica (DRC) atinge todas as faixas etárias e sua prevalência tem aumentando nos últimos anos. Um importante aspecto da DRC é o seu caráter assintomático nos estágios iniciais, com consequente desconhecimento pelo paciente sobre a sua doença. Assim, a detecção precoce dessa doença e as condutas terapêuticas apropriadas para o retardamento de sua progressão, como o cálculo da Taxa de Filtração Glomerular (TFG) e o acompanhamento farmacoterapêutico de diabéticos e hipertensos, podem reduzir o sofrimento dos pacientes e os custos financeiros associados à DRC. Serão atendidos pacientes diabéticos cadastrados pelos agentes comunitários de saúde atuantes em uma Unidade Básica de Saúde no município de Barra do Garças/MT. Será avaliada a função renal dos pacientes, incluindo dosagem sérica de creatinina e cálculo da TFG, e também o acompanhamento farmacoterapêutico proposto pela metodologia DADER. Espera-se, com esta abordagem, permitir aos participantes do projeto se beneficiarem de intervenções precoces com o intuito da diminuição de agravos decorrentes de doenças crônicas.
Palavras-chave
   doença renal, diabetes, filtração glomerular, doenças crônicas
Público-Alvo
  O público-alvo será composto por pacientes diabéticos cadastrados pelos agentes comunitários de saúde atuantes em uma Unidade Básica de Saúde no município de Barra do Garças/MT. Por se tratar de um estudo piloto, o número total de pacientes atendidos neste projeto, de março a novembro, será de 60 indivíduos.
Situação
  Atividade COM RELATORIO FINAL
Contato
  
«« Voltar