«« Voltar
Etnoeducação, saberes tradicionais e cidadania indígena
Protocolo do SIGProj:   196151.937.198909.02022015
De:28/02/2015  à  29/12/2015
 
Coordenador-Extensionista
  Daniel Arruda Nascimento
Instituição
  UFF - Universidade Federal Fluminense
Unidade Geral
  ICM - Instituto de Ciências da Sociedade - Macaé
Unidade de Origem
  MDI - Departamento de Direito de Macaé
Resumo da Ação de Extensão
  Considerando que a etnoeducação seja uma espécie de cuidado da educação que se utiliza de aspectos do método etnográfico, como o respeito à alteridade, a polifonia dos discursos, o mergulho na experiência e a coemergência, considerando ainda que a dinâmica fundada na valorização dos saberes tradicionais possibilite outra forma de prática no processo de ensino-aprendizagem, pretende o projeto de extensão ora proposto estabelecer uma relação de ação e investigação com a comunidade da Aldeia Santidade, composta entre os ameríndios Kaxuyana, de modo a promover a formação e a cidadania no âmbito das ações do Programa de Extensão Educação Patrimonial em Oriximiná, onde cidadania designe tanto aquela concedida pela Constituição Brasileira, quanto aquele modo de ser na comunidade tipicamente indígena.
Palavras-chave
   Etnoeducação, patrimônio cultural, formação de professores, saberes tradicionais, cidadania indígena
Público-Alvo
  Docentes e discentes dos cursos de Produção Cultural, Psicologia, História e Direito da Universidade Federal Fluminense, nos campi de Niterói, Rio das Ostras e Macaé; Docentes e discentes de diversos cursos de universidades parceiras (participantes do Programa de Extensão Educação Patrimonial em Oriximiná – ProEXT/2015); Docentes, discentes, técnicos, prestadores de serviço e lideranças comunitárias de diversas escolas municipais de Oriximiná (com o apoio da Secretaria de Educação e da Secretaria de Cultura e Turismo de Oriximiná).
Situação
  Atividade EM ANDAMENTO
Contato
   Facebook: http://www.facebook.com/groups/314364955307864/
«« Voltar