«« Voltar
A GESTÃO ESCOLAR E O TRABALHO DOS PROFESSORES: A PRODUÇÃO DE SENTIDOS NA CONSTITUIÇÃO DE IDENTIDADES.
Protocolo do SIGProj:   192901.847.222037.29112014
De:04/03/2014  à  29/12/2015
 
Coordenador-Extensionista
  Gessyca Correia dos Santos
Instituição
  UFMS - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Unidade Geral
  CCHS - Centro de Ciências Humanas e Sociais
Unidade de Origem
  PGE/CCHS - Aluno(a) do Programa de Pós-Graduação em Educação
Resumo da Ação de Extensão
  O presente estudo tem por objetivo compreender o espaço escolar como produtor de sentidos. Enfatiza a gestão como mecanismo organizador do espaço, enquanto propõe o currículo como fonte de ensino e aprendizagem ser trabalhado pelos professores. Nesse espaço desenvolve-se a pratica docente tornando-se constitutiva da identidade do professor. A escolha do tema justifica-se pela necessidade iminente em conhecer o universo do “ser docente” em sua singularidade, seus contornos, suas aproximações e seus distanciamentos no âmbito de atuação. Busca ainda, estudar as estratégias utilizadas na gestão escolar, para compreender quais são os efeitos, as consequências, pontos positivos e deficiências de tal ação relativa ao trabalho docente. A abordagem metodológica da pesquisa, de natureza qualitativa, terá como campo empírico a rede pública de ensino de um município do estado de Mato Grosso do Sul. A etnografia com enfoque ao cotidiano e, sob a perspectiva interdisciplinar, corrobora para a investigar critérios/conceitos das práticas discursivas, produtoras de sentido e passíveis para explicar as convenções, práticas e peculiaridades construídas historicamente/cotidianamente circundando a Gestão Escolar e a Identidade do profissional docente; representadas no momento da pesquisa, por estes profissionais.
Palavras-chave
   Gestão Escolar, Identidade, Prática Docente.
Público-Alvo
  
Situação
  Atividade COM RELATORIO FINAL
Contato
  
«« Voltar