«« Voltar
METODOLOGIAS DE REGIONALIZAÇÃO E MAPEAMENTO DE VAZÕES MÍNIMAS PARA A OUTORGA
Protocolo do SIGProj:   192878.847.50258.29112014
De:28/02/2014  à  06/08/2016
 
Coordenador-Extensionista
  Camila Dourado Machado
Instituição
  UFMS - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Unidade Geral
  FAENG - Faculdade de Engenharias, Arquitetura e Urbanismo e Geografia
Unidade de Origem
  PPGTA - Programa de Pós-Graduação em Tecnologias Ambientais
Resumo da Ação de Extensão
  Frente à necessidade de garantir os aspectos quantitativos e qualitativos dos recursos hídricos para as gerações atuais e futuras e com o desenvolvimento da Política Nacional de Recursos Hídricos, a outorga de direito de uso passou a ser instrumento fundamental de apoio a gestão de águas. Para a concessão de outorgas faz-se necessário conhecer a disponibilidade hídrica do corpo hídrico em análise, fato que apresenta certas dificuldades em decorrência da falta de dados em pequenas bacias hidrográficas. O mapeamento de vazões mínimas além de solucionar o problema da falta de conhecimento destas vazões em locais sem dados confere agilidade à análise dos processos de análise pelo órgão gestor. O presente trabalho tem como objetivo mapear as vazões mínimas através da krigagem computacional e comparar os resultados obtidos com as metodologias usuais de regionalização.
Palavras-chave
   Disponibilidade hídrica, Krigagem, Vazões de referência
Público-Alvo
  
Situação
  Atividade COM RELATORIO FINAL
Contato
  
«« Voltar