«« Voltar
Metabolômica aplicada ao estudo da dioicia em Mauritia sp.
Protocolo do SIGProj:   192766.847.9231.28112014
De:16/03/2014  à  15/03/2018
 
Coordenador-Extensionista
  Deisy dos Santos Freitas
Instituição
  UFMS - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Unidade Geral
  INQUI - Instituto de Química
Unidade de Origem
  PPGQ - Programa de Pós-Graduação em Química
Resumo da Ação de Extensão
  O buriti (Mauritia sp.) é uma palmeira dioica que ocorre naturalmente nos biomas Cerrado, Amazônia e nordeste do Pantanal brasileiro, podendo chegar até 40 metros de altura. O buriti apresenta indivíduos machos e fêmeas, cada qual com flores características. No entanto, os buritis atingem maturidade sexual após muitos anos e não há como identificar o sexo em indivíduos jovens. A produção dos frutos ocorre por reprodução sexuada, na qual as flores das fêmeas devem ser fecundadas pelas flores dos machos através de insetos e outros polinizadores naturais. A dioicia em plantas superiores proporciona um vasto campo de estudo, possibilitando a investigação da diferenciação sexual em diversas áreas, incluindo pesquisas nas áreas de genômica, transcriptômica, proteômica e metabolômica. Neste contexto, a presente proposta visa a investigação metabolômica da dioicia em Mauritia sp. e o desenvolvimento de metodologia para a identificação do sexo em buritis juvenis.
Palavras-chave
   Mauritia, dioicia, RMN, metabolômica, quimiometria
Público-Alvo
  
Situação
  Atividade COM RELATORIO FINAL
Contato
  
«« Voltar