«« Voltar
INFECÇÃO PELO VÍRUS DA HEPATITE B E IMUNIDADE VACINAL EM POLICIAIS RODOVIÁRIOS FEDERAIS DE CAMPO GRANDE, MS
Protocolo do SIGProj:   192744.847.22336.29112014
De:29/11/2014  à  29/03/2016
 
Coordenador-Extensionista
  Débora Sakamoto Silva
Instituição
  UFMS - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Unidade Geral
  CCBS - Centro de Ciências Biológicas e da Saúde
Unidade de Origem
  PPGEnf - Aluno(a) do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem
Resumo da Ação de Extensão
  A hepatite B se caracteriza como problema de saúde pública no âmbito mundial. Profissionais de saúde e de segurança pública, como os policiais rodoviários federais (PRF), são uns dos grupos de maior risco para a infecção, uma vez que o contato direto com sangue e fluidos corporais são formas de transmissão da mesma. Estudos com a população em questão se mostram escassos no país e no estado de Mato Grosso do Sul, ainda que as características de seu trabalho a torne mais suscetível à infecção. Assim, o conhecimento do perfil desta infecção e da imunidade vacinal é relevante para a promoção da saúde e prevenção de doenças a esta classe profissional, bem como para o diagnóstico e encaminhamento oportunos e para subsidiar o desenvolvimento de políticas públicas. Este estudo quantitativo seccional tem por objetivo caracterizar a infecção pelo vírus da hepatite B e a imunidade vacinal em PRF do município de Campo Grande, MS e será realizado com os policiais lotados na Superintendência e na 1º delegacia da PRF do Estado de Mato Grosso do Sul, por meio de entrevista estruturada e coleta sanguínea, com posterior realização de testes sorológicos em laboratório.
Palavras-chave
   Hepatite B, Policiais, Material biológico, Vacinação.
Público-Alvo
  
Situação
  Atividade COM RELATORIO FINAL
Contato
  
«« Voltar