«« Voltar
O tratamento das expressões idiomáticas em dicionários pedagógicos bilíngues português/espanhol
Protocolo do SIGProj:   191942.847.534.25112014
De:31/07/2013  à  29/08/2015
 
Coordenador-Extensionista
  Simone Marques dos Santos
Instituição
  UFMS - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Unidade Geral
  CCHS - Centro de Ciências Humanas e Sociais
Unidade de Origem
  PGEL/CCHS - Aluno(a) do Programa de Pós-Graduação em Estudos de Linguagens
Resumo da Ação de Extensão
  Aprender uma língua estrangeira não se resume apenas em conhecer os elementos gramaticais e estruturais do idioma, é preciso conhecer os elementos que possam possibilitar comunicar-se em distintas situações. Entretanto, atingir um nível adequado de perfeição não é tarefa fácil. Nesse sentido, as unidades fraseológicas, sobretudo as expressões idiomáticas, desempenham um papel importante no aprendizado, visto que, essas unidades constituem uma parte da língua muito específica e colaboram para a compreensão de elementos culturais da língua alvo. Entretanto, precisamente, são as expressões idiomáticas que geralmente causam maiores problemas na hora de aprender uma língua estrangeira, já que são combinações pluriverbais, que não podem ser entendidas, a partir da soma do sentido dos elementos constituintes. Assim, contar com um bom dicionário deverá ajudar a entender as expressões idiomáticas mais usuais e importantes para a comunicação, que no geral, são obras que oferecem pouca informação no prefácio acerca do tratamento dessas unidades fraseológicas. Dessa forma, o presente estudo consiste na análise do tratamento lexicográfico das expressões idiomáticas, inseridas em quatro dicionários pedagógicos bilíngues português/espanhol. Calcados nos subsídios teóricos dos estudos lexicais, esperamos colaborar com os estudos realizados no âmbito fraseológico e metalexicográfico.
Palavras-chave
   Expressões Idiomáticas, Fraseologia, Dicionário Pedagógico Bilíngue
Público-Alvo
  
Situação
  Atividade COM RELATORIO FINAL
Contato
  
«« Voltar