«« Voltar
A REPRESENTAÇÃO DO PAI EM IAIÁ GARCIA E MEMÓRIAS PÓSTUMAS DE BRAS CUBAS DE MACHADO DE ASSIS
Protocolo do SIGProj:   191283.847.220571.19112014
De:04/08/2013  à  04/08/2015
 
Coordenador-Extensionista
  William Isaias Carvalho Souza
Instituição
  UFMS - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Unidade Geral
  CCHS - Centro de Ciências Humanas e Sociais
Unidade de Origem
  PGEL/CCHS - Aluno(a) do Programa de Pós-Graduação em Estudos de Linguagens
Resumo da Ação de Extensão
  O objetivo deste trabalho mira-se sobre um elemento ficcional, o pai e sua importância representativa dentro das obras Iaiá Garcia e Memórias Póstumas de Brás Cubas de Machado de Assis, publicados em 1878 e 1881 respectivamente. Neste estudo buscaremos levantar um perfil do pai. Para isso, como método básico de análise, será feita o apontamento nestas obras de elementos da narrativa que apresentam a figura paterna. Como base teórica, enfocaremos os conceitos de representação e mímesis conforme os verbetes de dicionário especializado, tal como o Dicionário de Narratologia (Reis & Lopes, 2007). Para efeito de análise levamos em consideração o locus de enunciação destas obras, sendo assim, vemos a necessidade de apontar características que sejam importantes da herança cultural de Machado em seu contexto, além da necessidade de ampliar o entendimento da figura do pai que concentra uma função organizadora e detentora das leis e da moral no contexto da ficção do século XIX. Como resultados esperados, almejamos aumentar a compreensão sobre a representação da paternidade na ficção do século XIX a partir e na obra de Machado de Assis, além de elencar elementos que configurem tal paternidade e discutir esse conceito como um elemento da cultura e do sujeito. Este trabalho poderá servir de base para estudos posteriores sobre a representação da paternidade na ficção do século XIX. Pretendemos realizar um estudo comparativo entre dois romances do autor, podendo eventualmente recorrer a outras obras para corroborar ou refutar elementos levantados nas narrativas selecionadas.
Palavras-chave
   representação, ficção brasileira, paternidade, Machado de Assis
Público-Alvo
  
Situação
  Atividade COM RELATORIO FINAL
Contato
  
«« Voltar