«« Voltar
A SIMBOLOGIA DOS ANIMAIS NAS EXPRESSÕES IDIOMÁTICAS ESPANHOLAS E BRASILEIRAS: UM ESTUDO CONTRASTIVO
Protocolo do SIGProj:   190944.847.22799.25112014
De:29/08/2013  à  29/08/2015
 
Coordenador-Extensionista
  Jessica dos Santos Paião
Instituição
  UFMS - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Unidade Geral
  CCHS - Centro de Ciências Humanas e Sociais
Unidade de Origem
  PGEL/CCHS - Aluno(a) do Programa de Pós-Graduação em Estudos de Linguagens
Resumo da Ação de Extensão
  Como toda e qualquer disciplina em expansão, a Fraseologia ainda necessita de estudos que contemplem as suas diversas manifestações. Visando à expansão no campo teórico da Fraseologia, selecionamos as Expressões idiomáticas (doravante EIs), um dos objetos de estudo da disciplina, como fonte de investigação nesse trabalho. As EIs são unidades estáveis de palavras fixadas no idioma, cujo sentido unitário é indecomponível, ou seja, forma-se a partir do bloco de palavras que a compõe. Para esse estudo, selecionamos as EIs formadas por lexias com nomes de animais-zoônimos- que figuram no Espanhol (peninsular) e no Português (brasileiro). Diante do exposto, o objetivo geral desta dissertação, ainda em andamento, é realizar um estudo semântico-comparativo das EIs do espanhol e do português que contenham lexias com nomes de animais, com o intuito de entender como a simbologia dos animais pode ter contribuído para a motivação fraseológica e significação das EIs. Ainda de forma parcial, podemos concluir que as EIs podem ser consideradas como reflexo da visão de mundo dos falantes, nesse caso, de Língua Portuguesa e de Língua Espanhola. Entretanto, a delimitação da motivação icônica e simbólica não é uma tarefa fácil, já que para delimitar a simbologia de um determinado objeto, necessitamos ter, além do conhecimento linguístico, o conhecimento cultural dos dois idiomas.
Palavras-chave
   Fraseologia, Eis, zoônimos, símbolo, ícone
Público-Alvo
  
Situação
  Atividade COM RELATORIO FINAL
Contato
  
«« Voltar