«« Voltar
A relação entre condicionalidade e modalidade na construção “se não me engano'
Protocolo do SIGProj:   190839.847.220905.27112014
De:29/11/2014  à  25/08/2016
 
Coordenador-Extensionista
  Munique Pedro Pereira Pinto
Instituição
  UFMS - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Unidade Geral
  CPTL - Câmpus de Três Lagoas
Unidade de Origem
  PPGL - Programa de Pós-Graduação em Letras
Resumo da Ação de Extensão
  Este projeto tem como objeto de estudo a construção condicional “se não me engano”, concebida como gramaticalizada em uma construção de contexto-específico (TRAUGOTT, 2003) que assume função de modalizador epistêmico, portanto, a partir disto, tem-se como objetivo investigar a relação entre condicionalidade e modalidade na construção “se não me engano”, por meio da abordagem construcionista que considera a língua um rol de construções que apresentam ligação entre forma e sentido. Além desta abordagem, esta investigação terá como de base teórica princípios funcionalistas (BYBEE, 2010), a teoria da gramaticalização (TRAUGOTT, DASHER, 2002; HOPPER; TRAUGOTT, 2003; TRAUGOTT, BRINTON, 2005) e conceitos acerca de modalizadores epistêmicos (NEVES, 2006; KOCH, 2002; TRAUGOTT, 1985; DALL’AGLIO-HATTNHER et al, 2001). Para a realização da análise, parte-se dos dados coletados no Corpus do Português (www.corpusdoportugues.org) abarcando sentenças da língua falada e da língua escrita.
Palavras-chave
   Funcionalismo, Gramaticalização, Abordagem Construcionista
Público-Alvo
  
Situação
  Atividade COM RELATORIO FINAL
Contato
  
«« Voltar