«« Voltar
A estrutura da vegetação influencia na distribuição de roedores e marsupiais, no Pantanal da Nhecolândia, Corumbá, Brasil?
Protocolo do SIGProj:   190328.847.212488.10112014
De:31/10/2014  à  30/08/2015
 
Coordenador-Extensionista
  Rafael Penedo Ferreira
Instituição
  UFMS - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Unidade Geral
  CCBS - Centro de Ciências Biológicas e da Saúde
Unidade de Origem
  PPGEC - Aluno(a) do Programa de Pós-Graduação em Ecologia e Conservação
Resumo da Ação de Extensão
  A complexidade e a heterogeneidade ambiental determinam a riqueza de espécies de roedores e marsupiais, e os resultados dependem do grupo estudado. O objetivo deste trabalho é testar a hipóteses de que quanto maior a heterogeneidade e a complexidade ambiental maior será a riqueza de roedores e marsupiais. Além disso, serão feitos modelos de ocupação de cada espécie por ponto amostrado. Serão medidas características ambientais: altura e cobertura de dossel; circunferência a altura do peito das árvores; densidade de ramos e folhas nos estratos de dossel e sub-bosque; circunferência dos galhos onde estão instaladas as armadilhas; isolamento das manchas florestais; e conectividade entre as árvores. Serão utilizadas armadilhas Tomahawk e Sherman, iscadas com rodelas de banana cobertas com creme de amendoim.
Palavras-chave
   Estratificação vertical, Estrutura de hábitat, Pequenos mamíferos
Público-Alvo
  
Situação
  Atividade COM RELATORIO FINAL
Contato
  
«« Voltar