«« Voltar
O PROCESSO IDENTITÁRIO DO SUJEITO INDÍGENA E SUAS RELAÇÕES DE PODER-SABER: uma análise discursiva da Carta de Seattle.
Protocolo do SIGProj:   190274.847.121386.29112014
De:29/11/2014  à  29/03/2016
 
Coordenador-Extensionista
  João Paulo Ferreira Tinoco Machado
Instituição
  UFMS - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Unidade Geral
  CPTL - Câmpus de Três Lagoas
Unidade de Origem
  PPGL - Programa de Pós-Graduação em Letras
Resumo da Ação de Extensão
  Esta pesquisa tem por objetivo estudar o discurso da Carta do Cacique Seattle pronunciado em 1854, a qual foi traduzida para a língua inglesa em 1887. Nossa justificativa se baseia na contínua construção de conhecimentos dos sujeitos sócio-históricos de nossa realidade social para que contemplemos “as vozes do sul”, ou seja, os sujeitos às margens. Neste trabalho propomos “sulear” algumas problematizações acerca da comunidade indígena com o intuito de viabilizar e, talvez, tomar parte em mudanças nas estruturas elitistas e arcaicas (MOITA LOPES, 2006; KLEIMAN, 2013). Trabalhos a respeito dos povos indígenas têm feito um papel importante na construção de saberes, uma vez que são discutidos as configurações identitárias e as realidades construídas dessa comunidade. Desse modo, temos por objetivos perscrutar o processo identitário do indígena nas construções de representações sociais de Terra, Cidadania e Exclusão e apreender os efeitos de sentido e as relações de poder-saber contidas na Carta. Para a realização da análise, nos ancoraremos no arcabouço teórico-metodológico de Michel Foucault no método arqueogenealógico, na busca pelas regularidades enunciativas no interior das relações de poder, em que analisaremos a materialidade linguística e os possíveis efeitos de sentido. Partimos das teorias da Análise do Discurso de linha francesa (PÊCHEUX, 2002; CORACINI, 2011; AUTHIER-REVUZ; 1998), da desconstrução (DERRIDA, 1973) da perspectiva culturalista (BHABHA, 1998; HALL, 2006, BAUMAN, 2005) entre outros para análise do corpus.
Palavras-chave
   Cacique Seattle, Linguística Aplicada, Análise de Discurso
Público-Alvo
  
Situação
  Atividade CONCLUÍDA
Contato
  
«« Voltar