«« Voltar
Produção de milho, características físicas e químicas do solo influenciadas por plantas de cobertura, doses de calcário e gesso agrícola
Protocolo do SIGProj:   189602.847.42792.29112014
De:11/10/2013  à  19/12/2015
 
Coordenador-Extensionista
  Rafael Ferreira Barreto
Instituição
  UFMS - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Unidade Geral
  CPCS - Câmpus de Chapadão do Sul
Unidade de Origem
  PPGA - Programa de Pós-Graduação em Agronomia
Resumo da Ação de Extensão
  Objetiva-se verificar a influencia da utilização de plantas de cobertura, doses de calcário e gesso agrícola, assim como suas interações na produção do milho. O experimento foi instalado em outubro de 2013 na área experimental da Fundação Chapadão, no município de Chapadão do Sul-MS, com delineamento em blocos casualizados, com quatro repetições. Foi considerado o arranjo em parcela sub subdividida, sendo a parcela principal formada por três plantas de cobertura (Urochloa ruziziensis, Pennisetum glaucum, área em pousio); a subparcela, por doses de gesso agrícola (0, 2.300, 4.600 kg ha-1) e a sub subparcela por diferentes doses de calcário (0, 2.000, 4.000 e 6.000 kg ha-1). Após a aplicação das doses de calcário e gesso, será realizada a semeadura das culturas de cobertura, que permaneceram em desenvolvimento até o mês de fevereiro de 2014, em seguida proceder-se-á a dessecação e posterior semeadura do milho, que permanecerá a campo até julho de 2014. Durante o desenvolvimento e colheita da cultura do milho serão avaliados os parâmetros fitotécnicos. Após a colheita, serão avaliados os atributos físicos e químicos do solo. Os dados das avaliações serão analisados pelo teste F e as médias, comparadas pelo teste de Tukey, em nível de 5 %, para culturas de cobertura. Para as dose de calcário e gesso, será realizada a análise de regressão, ajustando-se a melhor equação.
Palavras-chave
   Braquiária, Milheto, Compactação do solo
Público-Alvo
  
Situação
  Atividade COM RELATORIO FINAL
Contato
  
«« Voltar