«« Voltar
Estudo da atividade eletrocatalítica de Pt-Rh-Sn frente à eletro-oxidação de etanol: influência do método de síntese das nanopartículas e da composição atômica dos catalisadores
Protocolo do SIGProj:   188952.847.870.16102014
De:28/02/2013  à  30/07/2017
 
Coordenador-Extensionista
  Luiz Carlos da Silva Junior
Instituição
  UFMS - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Unidade Geral
  INQUI - Instituto de Química
Unidade de Origem
  PPGQ - Programa de Pós-Graduação em Química
Resumo da Ação de Extensão
   O presente trabalho busca estudar a atividade catalítica de catalisadores ternários de Pt-Rh-Sn preparados a partir da redução dos íons precursores na presença de pó de carbono Vulcan XC-72 (Cabot, Inc.). Para a obtenção dos catalisadores dispersos adotar-se-á diversos métodos de síntese. Dentre os muitos métodos conhecidos, iniciaremos os estudos pelo método do Poliol, devido à sua simplicidade de execução, pela qualidade dos materiais obtidos. Os catalisadores ancorados serão avaliados eletroquimicamente através das técnicas de cronoamperometria, voltametria cíclica e curva de polarização associadas à técnica de Espectroscopia de Infravermelho com Transformada de Fourier in situ (FTIRS). Para conhecer quais as condições estruturais e eletrônicas necessárias para que catalisadores dispersos à base de Pt apresentem boa atividade catalítica frente à reação de oxidação de etanol, far-se-á o uso da técnica de espectroscopia de absorção de raios X (XAS), também serão caracterizados pelas técnicas de TEM (microscopia Eletrônica de Transmissão), DRX (Difração de Raios X) e EDX (Espectroscopia de Dispersão de Energia de Raios X).
Palavras-chave
   Nanopartículas, eletro oxidação de etanol, Pt-Rh-Sn
Público-Alvo
  
Situação
  Atividade CONCLUÍDA
Contato
  
«« Voltar