«« Voltar
OS CAMINHOS DO DESENVOLVIMENTO NA REGIÃO NORDESTE DO ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL: A RELEVÂNCIA DA QUESTÃO AMBIENTAL
Protocolo do SIGProj:   188072.847.54040.10102014
De:30/09/2014  à  27/02/2016
 
Coordenador-Extensionista
  Paola Bueno Quirino
Instituição
  UFMS - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Unidade Geral
  CPAQ - Câmpus de Aquidauana
Unidade de Origem
  PPGGEO - Programa de Pós-Graduação em Geografia
Resumo da Ação de Extensão
  Este trabalho tem por objetivo investigar no campo de estudo da Geografia Regional as consequências do desenvolvimento econômico sobre a dimensão ambiental que visa a conservação e recuperação do meio ambiente constante na carteira de projetos a longo prazo com previsão até 2020, executados ou em execução e se isto tem trazido consequências positivas ao meio ambiente na região de estudo na qual denominamos como Região Nordeste. O interesse em propor estudar a Região Nordeste do Estado de Mato Grosso do Sul nasceu das marcantes intensificações de uso e ocupação da terra, principalmente agrícola, com suspeitas de quebra das regras de sustentabilidade ambiental, permitindo contribuir com reflexões a respeito dos efeitos das reorganizações espaciais no desenvolvimento local. A maioria das propriedades rurais tem suas áreas agrícolas intensificadas pelo comércio especulativo de grãos, deixando-as vulneráveis a cada nova safra, como se estivesse faltando “descansar” o solo. Portanto, os benefícios que acredita-se são esperados, apenas atendem aos interesses comerciais. Porém à medida que os efeitos das ações impactantes deixem de ser rotineiros, os novos cenários esperados começam a transformar a paisagem.
Palavras-chave
   Desterritorialização, Produtividade Rural, Dimensão Ambiental
Público-Alvo
  
Situação
  Atividade COM RELATORIO FINAL
Contato
  
«« Voltar