«« Voltar
Doenças Sexualmente Transmissíveis: Rastreamento e Promoção em Saúde
Protocolo do SIGProj:   187693.793.201592.17112014
De:18/03/2015  à  10/05/2015
 
Coordenador-Extensionista
  Julie Massayo Maeda Oda
Instituição
  UFMS - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Unidade Geral
  CPTL - Câmpus de Três Lagoas
Unidade de Origem
  GAB/CPTL - Gabinete do Diretor
Resumo da Ação de Extensão
  As chamadas Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST) compreendem um conjunto de infecções distintas que têm em comum o fato de serem transmitidas pelo contato sexual. Atualmente sabe-se que há mais de 30 diferentes tipos de doenças sexualmente transmissíveis entre bactérias, vírus e parasitas. A sífilis é uma doença infecciosa crônica, de transmissão sexual e eventualmente transplacentária. Caracteriza-se por longos períodos de silêncio clínico e pela capacidade de atingir múltiplos sistemas orgânicos, produzindo lesões cutâneas, mucosas, cardiovasculares e nervosas. A Síndrome da Imunodeficiência Adquirida (AIDS) é a manifestação clínica da infecção pelo Vírus da Imunodeficiência Humana (HIV – Human Imunodeficiency Virus). O indivíduo infectado passa por 03 fases: infecção aguda; latência clínica e AIDS. Se não tratado, o indivíduo em última fase de doença pode ir a óbito. As hepatites virais A, B e C são doenças contagiosas que atingem o fígado e causam grandes problemas de saúde no mundo todo. As infecções agudas de hepatites B e C podem progredir para uma fase crônica da doença, que pode acarretar e levar à cirrose do fígado e ao carcinoma hepatocelular. São causadas por diferentes agentes etiológicos, hepatotrópicos. Segundo a OMS, as DST e suas complicações representam uma das dez principais causas de procura a serviços de saúde em países em desenvolvimento, respondendo por aproximadamente 17% das perdas econômicas relacionadas ao binômio saúde/doença. Portanto, o presente projeto visa realizar o diagnóstico e rastreamento das doenças sexualmente transmissíveis: HIV, sífilis e hepatite em indivíduos da região leste do município de Três Lagoas, MS.
Palavras-chave
   Doenças Sexualmente Transmissíveis, HIV, Sífilis, Hepatite, Diagnóstico, Promoção em Saúde.
Público-Alvo
  Acadêmicos, Comunidade Local, Servidores, Funcionários da Saúde Local e Demais interessados.
Situação
  Atividade COM RELATORIO FINAL
Contato
  
«« Voltar