«« Voltar
PAPEL DA DINÂMICA FAMILIAR NO CONSUMO DO CRACK: ASPECTOS SOCIOCULTURAIS, DEMOGRÁFICOS E PSICOSSOCIAIS
Protocolo do SIGProj:   187057.847.202589.15092014
De:16/09/2014  à  30/03/2016
 
Coordenador-Extensionista
  Maria das Graças Rojas Soto
Instituição
  UFMS - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Unidade Geral
  FAMED - Faculdade de Medicina
Unidade de Origem
  PPGSD - Programa de Pós-Graduação em Saúde e Desenvolvimento na Região Centro Oeste
Resumo da Ação de Extensão
  Pesquisa a ser realizada com famílias de usuários de crack que frequentam o Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas de Ponta Porã _ MS, com o objetivo de compreender o papel da dinâmica familiar no consumo de crack. O estudo procura compreender a relação entre os fatores socioculturais, demográficos e psicossociais em que estão inseridas estas famílias e que atuam nela influenciando no consumo da droga. Sendo Ponta Porã cidade gêmea, fronteira seca, rota do narcotráfico, este estudo poderá trazer conhecimento sobre características peculiares, que possibilitem ações de saúde regionalizadas e melhora no planejamento de ações preventivas e terapêuticas.
Palavras-chave
   CRACK, FAMÍLIA, FRONTEIRA, RELACIONAMENTO, DROGA
Público-Alvo
  
Situação
  Atividade COM RELATORIO FINAL
Contato
  
«« Voltar