«« Voltar
VII SEMINÁRIO DE PROMOÇÃO A VIDA E PREVENÇÃO AO SUICÍDIO
Protocolo do SIGProj:   186549.793.25528.16092014
De:16/10/2014  à  17/10/2014
 
Coordenador-Extensionista
  Juberty Antonio de Souza
Instituição
  UFMS - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Unidade Geral
  FAMED - Faculdade de Medicina
Unidade de Origem
  GAB/FAMED - Gabinete do Diretor
Resumo da Ação de Extensão
   Considerando que o suicídio hoje precisa, ser prevenido, a proposta fundamenta do VII Seminário de Promoção a Vida e Prevenção ao Suicídio, buscar em nossa sociedade, a cultura da prevenção, segundo Cassorla (1998) fez um levantamento e concluiu que no atendimento a pacientes suicidas a equipe de saúde e principalmente o médico, se sente perdido no atendimento a estes casos, isto aconteceria segundo o autor pela captação inconsciente do sofrimento intenso do paciente, por identificação e necessidade de negá-lo; por ser aterrorizante; ou pela sensação de impotência e desesperança por identificação de aspectos do paciente e/ou por mobilização de conflitos próprios do profissional. Segundo o autor quando o paciente chega a efetivar o ato a equipe de saúde sofre com o impacto violento deste. “Aparecerão com grande intensidade, sentimentos de culpa, remorsos, impotência, desespero, complicados por defesas do tipo: negações, projeções, racionalizações”. (CASSORLA, 1998, p. 162). É preciso romper com a “prática do silêncio”, que compreende o indivíduo isolado da sociedade. De acordo com Igue, Rolim e Stefanelli (2002) em geral, os profissionais da saúde. Palavras como suicídio e tentativa de suicídio, quando mencionadas, apenas são correlacionadas apenas ao aspecto clínico do tratamento. A temática é tratada de forma técnica, sem que os sentimentos a ela relacionados sejam abordados, mesmo quando esses fenômenos se tornam realidade. Nesse sentido, se faz essencial a discussão sobre o suicídio na graduação, visto que o suicídio não é tão somente uma tragédia no âmbito pessoal, mas também representa um sério problema de saúde pública.
Palavras-chave
   Prevenção, Suicídio, Dor, Sofrimento, vida
Público-Alvo
  Sendo o Suicídio uma questão de saúde pública, será aberto a comunidade em geral.
Situação
  Atividade CONCLUÍDA
Contato
   pelo e-mail: bioeticaufms@bol.com.br ou pelo telefone do Vice -Coordenador 67 - 9982 6179 Professor e Capelão Reis
«« Voltar