«« Voltar
Estratégias de promoção, manutenção e proteção da saúde do atleta de artes marciais: caracterização nosográfica de lesões musculoesqueléticas e práticas educacionais de prevenção
Protocolo do SIGProj:   184711.833.91611.07082014
De:02/03/2014  à  30/12/2014
 
Coordenador-Extensionista
  Danielle Almeida de Sena
Instituição
  UFMS - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Unidade Geral
  CCBS - Centro de Ciências Biológicas e da Saúde
Unidade de Origem
  GAB/CCBS - Gabinete do Diretor
Resumo da Ação de Extensão
  Muito embora o exercício físico resulte em inúmeros benefícios à saúde humana e deva ser sistematizado como atividade cotidiana em diferentes faixas etárias, a presença de lesões musculoesqueléticas (LME) constitui um efeito indesejável decorrente da natureza competitiva de diferentes modalidades desportivas. Neste contexto, o exercício contínuo de artes marciais integra situações variadas de contato físico e exigências técnicas específicas de agilidade, velocidade, coordenação motora, potência e, sobretudo, força física na execução de golpes, tornando-as modalidades desportivas altamente competitivas. Entretanto, essas diversas demandas podem predispor ao aparecimento de desequilíbrios musculares, má-postura e LME em praticantes de diferentes estilos de luta. Em razão dos altos índices de LME decorrentes da prática regular das modalidades de artes marciais, o presente trabalho tem por objetivo analisar as principais lesões musculoesqueléticas e sua associação com fatores de causa intrínseca e extrínseca em praticantes de Judô e Jiu-Jitsu, dois dos estilos de luta com número de adeptos no mundo atual. Ademais, busca-se também conferir suporte instrucional como forma de disciplinar o cuidado com a promoção, proteção e manutenção da saúde do atleta, em diferentes faixas etárias.
Palavras-chave
   Judô, Jiu-Jitsu, Postura, Lesão Desportiva, Epidemiologia
Público-Alvo
  
Situação
  Atividade COM RELATORIO FINAL
Contato
  
«« Voltar