«« Voltar
Avaliação da atividade anti-Leishmania amazonensis in vitro do extrato vegetal de Zamia boliviana
Protocolo do SIGProj:   184241.847.21414.25112014
De:16/03/2014  à  30/07/2016
 
Coordenador-Extensionista
  Juliana Dias Stein
Instituição
  UFMS - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Unidade Geral
  CCBS - Centro de Ciências Biológicas e da Saúde
Unidade de Origem
  PPGF - Aluno(a) do Programa de Pós-Graduação em Farmácia
Resumo da Ação de Extensão
  A leishmaniose visceral é uma doença sistêmica, crônica, grave, dada a sua incidência e alta letalidade. A terapia atual, baseada no uso dos antimoniais pentavalentes, possui várias limitações e a identificação de novos compostos de origem vegetal tem sido considerada promissora para o tratamento desta parasitose. Objetivou-se, através deste estudo, avaliar a atividade antileishmania in vitro doss extrato vegetais de Zamia boliviana sobre formas amastigotas intracelulares de Leishmania (Leishmania) infantum, a espécie associada à leishmaniose visceral no Brasil. Os extratos da espécie vegetal serão testado sobre formas amastigotas, em ensaios sobre macrófagos peritoneais de murinos infectados com L. infantum. Também serão realizados teste de citotoxicidade e produção de óxido nítrico. Com a avaliação dos ensaios, esperamos obter atividade antileishmania destes extratos, para obtenção de um novo tratamento para a leishmaniose visceral.
Palavras-chave
   biflavonoides, zamiaceae, anti-leishmania
Público-Alvo
  
Situação
  Atividade COM RELATORIO FINAL
Contato
  
«« Voltar