«« Voltar
AVALIAÇÃO DA EXPRESSÃO GÊNICA DE GENÓTIPOS CONTRASTANTES DE Urochloa decumbens (Stapf) R.D. Webster EM RESPOSTA AO ESTRESSE POR ALUMÍNIO USANDO qRT-PCR
Protocolo do SIGProj:   183714.847.212496.22072014
De:31/07/2014  à  27/02/2015
 
Coordenador-Extensionista
  Bruno Ferreira dos Santos
Instituição
  UFMS - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Unidade Geral
  CCBS - Centro de Ciências Biológicas e da Saúde
Unidade de Origem
  PPGBV - Aluno(a) do Programa de Pós-Graduação em Biologia Vegetal
Resumo da Ação de Extensão
  A população mundial vem crescendo de forma acelerada, exigindo cada vez mais investimentos em tecnologias referentes à produção de alimentos. O Brasil atualmente destaca-se na produção de carne bovina, proteína animal de alta qualidade, realizada quase que exclusivamente a pasto. O Cerrado destaca-se no cenário da bovinocultura nacional, porém seus solos são, em geral, ácidos e ricos em alumínio. Tal fato limita o pleno desenvolvimento das pastagens, uma vez que o alumínio interfere no desenvolvimento normal das plantas. Este projeto visa avaliar a expressão gênica em dois genótipos contrastantes de Urochloa decumbens em resposta ao alumínio, visando gerar conhecimento em genômica funcional para a espécie, que está entre as principais utilizadas nos pastos do Cerrado brasileiro. Para tanto, a cultivar U. decumbens cv. Basilisk, referência em tolerância ao alumínio, foi sequenciada e os genes diferencialmente expressos serão avaliados pela técnica de PCR quantitativa em tempo real (qRT-PCR) nesta cultivar e em outro genótipo sensível ao alumínio. Plantas desses genótipos serão submetidas a duas condições de crescimento em sistema hidropônico, um com e outro sem a presença de alumínio. O RNA total dos genótipos será extraído, quantificado, convertido em cDNA e, após, avaliado em qRT-PCR, usando sistema SYBR Green. Espera-se determinar a expressão de genes relacionados à tolerância ao alumínio em U. decumbens visando auxiliar na elucidação dos mecanismos envolvidos nesta tolerância. Serão testados genes constitutivos identificados a partir do sequenciamento para estabelecer uma metodologia específica para análise de expressão gênica para esta espécie.
Palavras-chave
   Estresse abiótico, Forrageiras tropicais, Tolerância ao alumínio.
Público-Alvo
  
Situação
  Atividade CONCLUÍDA
Contato
  
«« Voltar