«« Voltar
A avaliação realizada por docentes de um Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia sobre a formação profissional oferecida
Protocolo do SIGProj:   183703.847.204628.21072014
De:20/07/2014  à  30/07/2015
 
Coordenador-Extensionista
  Sofia Urt
Instituição
  UFMS - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Unidade Geral
  PROPP - Pró Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação
Unidade de Origem
  CPG/PROPP - Coordenadoria de Pós-Graduação
Resumo da Ação de Extensão
  A Educação Profissional, no Brasil, possui um viés histórico por ter sido destinada às classes menos favorecidas e há uma tendência, no senso comum, em desprestigiar o ensino profissionalizante, que sofreu transformações e redefinições de seus objetivos, ao longo de mais de cem anos. Esta pesquisa objetiva analisar os aspectos ideológicos presentes na avaliação dos docentes de um Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia sobre a proposta da Educação Profissional e Tecnológica. Como será que os docentes percebem seu lugar na Educação Profissional e Tecnológica (EPT). A quem, para que, e ao que servem. Para isso, os fundamentos da Teoria Crítica da Sociedade – Escola de Frankfurt – nortearão nossos estudos. Considerando que a constituição da subjetividade e da formação do indivíduo interfere na concepção desse sobre a realidade, questionamos se os sujeitos da pesquisa possuem concepções referenciadas pelo senso comum, ao carregar o ranço histórico dos tabus e preconceitos sobre o ensino profissional.
Palavras-chave
   Formação, Educação profissional tecnológica, Teoria crítica
Público-Alvo
  
Situação
  Atividade CONCLUÍDA
Contato
  
«« Voltar