«« Voltar
ANÁLISE DA ESTRUTURA VEGETAL LENHOSA DE FRAGMENTOS DE CERRADO NO MUNICÍPIO DE SÃO GABRIEL DO OESTE, MATO GROSSO DO SUL, BRASIL
Protocolo do SIGProj:   183415.847.22102.27112014
De:13/01/2014  à  29/06/2015
 
Coordenador-Extensionista
  Cesar Claudio Caceres Encina
Instituição
  UFMS - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Unidade Geral
  CCBS - Centro de Ciências Biológicas e da Saúde
Unidade de Origem
  PPGBV - Aluno(a) do Programa de Pós-Graduação em Biologia Vegetal
Resumo da Ação de Extensão
  Com o desenvolvimento das sociedades a preservação do meio ambiente se torna imprescindível. A biodiversidade é um recurso que possui valor estratégico e está relacionada com a heterogeneidade territorial. A perda e a fragmentação dos habitats naturais constituem uma das maiores ameaças a biodiversidade provocando alterações de origem biótica e abiótica nos remanescentes. Fatores como o tamanho e forma do fragmento afetam a comunidade vegetal e estão intrinsecamente ligados a borda. O Cerrado ocupava 23% do território brasileiro nos chapadões do planalto central. Estimativas apontam que o Cerrado será totalmente destruído no ano de 2030. A heterogeneidade ambiental contribui para a elevada riqueza de espécies e dentre os serviços ambientais que oferece se destaca a proteção aos recursos hídricos. O objetivo do trabalho consiste em analisar a estrutura da vegetação lenhosa de 12 fragmentos do Cerrado no Município de São Gabriel do Oeste, Mato Grosso do Sul, Brasil, localizado na região centro-norte do Estado, a 136 Km de Campo Grande. Serão realizados levantamentos florísticos e de cobertura da vegetação assim como a análise de imagens de satélite e de índices de paisagem. Serão correlacionadas as variáveis forma e tamanho do fragmento com a riqueza de espécies.
Palavras-chave
   Cerrado, Fragmentação, Biodiversidade
Público-Alvo
  
Situação
  Atividade COM RELATORIO FINAL
Contato
  
«« Voltar