«« Voltar
Composição e distribuição da avifauna em três fitofisionomias de cerrado no Parque Estadual Dom Osório, em Rondonópolis, Mato Grosso, Brasil.
Protocolo do SIGProj:   183088.847.45187.06072014
De:17/07/2014  à  30/12/2015
 
Coordenador-Extensionista
  Kefany Rodrigues de Andrade Ramalho
Instituição
  UFMS - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Unidade Geral
  CCBS - Centro de Ciências Biológicas e da Saúde
Unidade de Origem
  PPGBA - Aluno(a) doPrograma de Pós-Graduação em Biologia Animal
Resumo da Ação de Extensão
  Poucos estudos sobre a avifauna foram realizados no cerrado mato-grossense e, embora o Parque Estadual Dom Osório seja uma unidade de conservação, nenhum estudo de fauna foi realizado até o momento. Assim, será conduzido o primeiro trabalho nessa área para descrever a composição e analisar a distribuição temporal e espacial da comunidade de aves em três diferentes tipos de vegetação (cerradão, mata de galeria e cerrado sentido restrito). Será adotado o método de pontos de escuta fixos. Em cada tipo de habitat (cerradão, mata de galeria e cerrado sentido restrito) serão delimitadas três áreas com oito pontos de escuta fixos em cada, totalizando 24 pontos para cada habitat com distância de no mínimo 200 metros (Bibby et al. 2000) entre cada ponto. Serão duas estações de estudo com três meses cada, e os mesmos pontos serão amostrados uma vez por mês durante os seis meses do estudo. Considerando que não há nenhum trabalho publicado sobre a avifauna no Parque Estadual Dom Osório, espera-se estimar a riqueza e diversidade na área, assim como avaliar as semelhanças e diferenças entre as aves em cada estação de estudo. Este estudo auxiliará no Plano de manejo do Parque e contribuirá para melhor compreensão sobre a dinâmica tempo/espaço das aves do Cerrado.
Palavras-chave
   aves, habitat, comunidade
Público-Alvo
  
Situação
  Atividade COM RELATORIO FINAL
Contato
  
«« Voltar